fbpx

Maria Alice Vergueiro (1935-2020)

Biografia

Maria Alice Monteiro de Campos Vergueiro, em arte conhecida como Maria Alice Vergueiro, foi uma atriz e diretora teatral brasileira nascida em São Paulo (SP) no dia 19 de janeiro de 1935.

Começou sua carreira em 1962, no Teatro Arena. Em 1977, fundou, com Luiz Roberto Galizia e Cacá Rosset, o Teatro do Ornitorrinco. Gostava de estabelecer parcerias com jovens talentos, fazendo teatro experimental.

Mais ligada ao teatro, Maria Alice trabalhou também em cinema, sendo sua estreia ocorrida em 1971/1982, no filme O Rei da Vela, passando por Muito Prazer (1979) e Perfume de Gardênia (1992), entre outros.

Fez sua estreia em novelas, com Sassaricando (1987), como Lucrécia; Brava Gente (1996), como Elsinha; e, mais recentemente, O Sistema (2007), como Leda; e Tudo que é Sólido Pode Derreter (2009).

Maria Alice atuou também como professora de teatro na Escola de Comunicações e Artes (ECA), da USP, e na Escola de Aplicação da Faculdade de Educação, também da USP.

Em 1996, ganhou vários prêmios de melhor atriz, por seu desempenho na peça O Alvo, do austríaco Thomas Bernhard.

Em 2006, causou polêmica ao participar do curta, em vídeo digital, Tapa na Pantera, onde aparecia fumando um baseado. Esse curta-metragem fez muito sucesso ao ser veiculado no YouTube e visto por milhares de pessoas.

Depois de participar de mais de 30 peças de teatro, 12 filmes no cinema e cinco novelas na televisão, Maria Alice Vergueiro protagonizou em 2016 o documentário Górgona, que retrata sua vida como atriz e portadora do Mal de Parkinson, ao mesmo tempo em que reflete sobre a proximidade da morte.

A atriz e diretora de teatro Maria Alice Vergueiro faleceu, aos 85 anos, no dia 03 de junho de 2020. Ela estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas de São Paulo, com quadro de grave de pneumonia.

Foi casada com Sílvio de Almeida, com quem teve dois filhos, Maria Sílvia Vergueiro de Almeida e Roberto Vergueiro de Almeida.

Filmografia

2017 :: Inconfissões
2016 :: Górgona
2016 :: Rosinha
2009 :: Topografia de um Desnudo
2008 :: Relicário (CM)
2006 :: Tapa na Pantera (CM)
2004 :: Ato II Cena 5 (CM)
2000 :: Cronicamente Inviável
1997 :: A Grande Noitada
1995 :: Disseram que Voltei Americanizada, um Filme de Merda (CM)
1992 :: Perfume de Gardênia
1992 :: PRKdeia (CM)
1991 :: Olímpicos (CM)
1989 :: O Corpo
1987 :: Urubus e Papagaios
1987 :: Romance
1987 :: Carlota Amorosidade (CM)
1986 :: Romance
1983 :: Divina Previdência (CM)
1983 :: Do Outro Lado da Rua (CM)
1981 :: Maldita Coincidência
1979 :: Muito Prazer
1978 :: O Bom Marido
1977 :: Os Demónios de Alcáter Quibir (Portugal)
1974 :: Amor e Medo
1973 :: Alice no País das Maravilhas (CM)
1971/82 :: O Rei da Vela

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.
VERGUEIRO, Maria Alice. Tapa na Pantera na Íntegra: uma autobiografia não autorizada. São Paulo: Editora Ficções, 2008.

Internet:

BRITO, Carine. Maria Alice Vergueiro estrela documentário sobre sua vida e obra. Disponível no endereço: https://jornal.usp.br/cultura/maria-alice-vergueiro-estrela-documentario-sobre-sua-vida-e-obra/. Acesso em: 25 de outubro de 2016.
G1. Atriz e diretora Maria Alice Vergueiro morre em SP aos 85 anos. Disponível no endereço: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2020/06/03/atriz-e-diretora-maria-alice-vergueiro-morrem-em-sp-aos-85-anos.ghtml. Acesso em: 03 de junho de 2020.
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Maria Alice Vergueiro. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/maria-alice-vergueiro/
VÍGULA. Mini-Doc Maria Alice Vergueiro (Tapa na Pantera). Disponível no endereço: https://www.youtube.com/watch?v=ZSGsHLDB0oQ&feature=youtu.be

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.