fbpx

Martírio (2016)

Trailer

Sinopse

O retorno ao princípio da grande marcha de retomada Guarani Kaiowá através das filmagens de Vincent Carelli, que registrou o nascedouro do movimento na década de 1980. Vinte anos mais tarde, Carelli busca as origens deste genocídio, fruto de um conflito de forças desproporcionais: os despossuídos Guarani Kaiowá, dispostos a morrer se for preciso, frente à poderosa elite do agronegócio.

Dirigido por Vincent Carelli, em colaboração com Ernersto de Carvalho e Tita.

Elenco

Comunidades Guarani Kaiowá do Mato Grosso do Sul

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Martírio (2016) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Vincent Carelli
Roteiro: Vincent Carelli e Tita
Produção Executiva: Olívia Sabino
Direção de Fotografia: Ernesto de Carvalho
Montagem: Tita
Som: Ernesto de Carvalho, Vincent Carelli e Fausto Campolli
Empresa Produtora: Vídeo nas Aldeias
Empresa Distribuidora: Vitrine Filmes

Bibliografia

Internet:

DIEGO BENEVIDES. 49º Festival de Brasília anuncia seleção de longas-metragens. Disponível no endereço: http://www.diegobenevides.com.br/49o-festival-de-brasilia-anuncia-selecao-de-longas-metragens/. Acesso em: 01 de agosto de 2016.

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/martirio/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Martírio (2016)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.