fbpx

Matemática, 0… Amor, 10 (1960)

Sinopse

Julieta convence o médico Carlos Santos a livrá-la de uma prova de fisiologia. Carlos se vê envolvido pela sedução da colegial. Julieta confessa para a amiga Ana Lúcia o seu amor pelo médico. O casamento acontece, com uma lua-de-mel pelas cidades do Recife, Salvador, Brasília e Rio de Janeiro. No retorno a São Paulo, Julieta não sabe o que fazer do seu tempo livre, decidindo voltar à escola, a contragosto do marido. Entre boates e teatros, Julieta fracassa nos estudos, mas não consegue desabafar com Carlos. Diante dos problemas escolares, o professor de Física recomenda um outro, particular, Jacinto, que se apaixona pela nova aluna. Durante uma visita a Carlos, ele a pede em casamento. Julieta foge para a casa dos pais, enquanto Carlos fica transtornado, achando que foi enganado. Julieta porém está apaixonadíssima por Carlos. Jacinto esclarece a situação e com a ajuda do professor de Física monta um estratagema para que Julieta confesse o seu amor pelo marido, durante a prova de fisiologia.

Elenco

Freyre, Susana (Julieta)
Ruschel, Alberto (Carlos Santos)
Agildo Ribeiro …. Jacinto
Helena, Heloisa (Carolina, mãe de Julieta)
Costa, Jaime (Professor de Física)
Azevedo, Odilon
Carlo, Mara di
Llanos, Marga de los
Victor, Antonio
Paula, Maria
Mascarenhas, Carminha
Guy, Orlando

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Matemática, 0… Amor, 10 (1960) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Carlos Hugo Christensen
Argumento: Soos, Andor de
Roteiro: Carlos Hugo Christensen
Adaptação: Lima, Antonio A. Cavalheiro; Tiempo, Cesar e Carlos Hugo Christensen
Assistência de direção: Oliosi, José; Araújo, Raul
Coreografia: Mur, Blanche
Produção: Carlos Hugo Christensen
Direção de produção: Guy, Orlando
Produtor associado: Lima, Antonio A. Cavalheiro
Gerente de produção: Rossi, Julio C.
Direção de fotografia: Paz, Anibal Gonzalez
Câmera: Marzialetti, Pedro
Assistência de câmera: Lujan, Froilan
Chefe eletricista: Bandeira, Ruben
Edição: Melli, Nelo
Guarda-roupa: Heron
Cenografia: Domingo, Benet
Maquiagem: Oliveira, Josefina de
Penteados: Armand
Vestuário: Nazareth; Heron
Arranjos musicais: Panicalli, Lirio
Direção musical: Real, Roberto Corte
Regente Maestro: Panicalli, Lirio
Companhia Produtora: Cinematográfica Emecê Produtora e Distribuidora Ltda.
Companhia Distribuidora: Pelmex Películas Mexicanas do Brasil S.A.
Financimento/patrocínio: Banespa – Banco do Estado de São Paulo

Canção
Título: Na baixa do sapateiro;
Autor da canção: Barroso, Ari;

Título: Rosa morena;
Autor da canção: Caymmi, Dorival;
Conjunto e banda: Trigêmeos Vocalistas;

Título: Sax cantabile;
Autor da canção: Domingues, Alberto;

Título: Milagre da volta, O;
Autor da canção: Cesar, Fernando e Cavalcanti, A.;
Intérprete: Bittencourt, Lana;

Título: On the button;
Autor da canção: Donnely, J. J., Motto, V. L. e Souza, J.P.;

Título: Thunderer, The;
Autor da canção: Donnely, J. J. e Motto, V. L.;

Título: Menina moça;
Autor da canção: Antônio, Luiz;

Título: Chora Pierrot;
Autor da canção: Antonio, Luiz;

Título: Avental das pastoras;
Autor da canção: Antonio, Luiz e Regis, Amado;

Título: Apito no samba;
Autor da canção: Antonio, Luiz e Bandeira, Luiz;

Título: Recado;
Autor da canção: Antonio, Luiz e Ferreyra, Djalma;

Título: Rock de morte;
Autor da canção: Perez, Nadir e Panicali, Lyrio;
Intérprete: Murilo, Sérgio e Avalons, The;

Título: Vassourinha;
Autor da canção: Rocha, Matias da e Ramos, Joana Batista;

Título: Na vanguarda
Autor da canção: Silveira, Luiz Candido da e Camargo, João de
Conjunto e banda: Banda dos Fuzileiros Navais

Intérprete: Orlando, Luiz

Locação: Parque do Ibirapuera; Recife; Salvador; Brasília; Rio de Janeiro; Aeroporto de Congonhas; Jardim da Luz

Prêmios

:: Prêmio de Melhor Filme e Melhor Ator para Ruschel, Alberto no Festival de Curitiba, 3, 1960, PR.

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
CB/Ficha Filmográfica
CB/Ficha catalográfica
Certificado de Censura
CENS/I
ALSN/DFB-LM

Fontes consultadas:
ACPJ/I
FSN/MCB
LRB/CP

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Matemática, 0… Amor, 10 (1960). Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/matematica-zero-amor-dez/

Observações:
A fonte FCB/CS ainda inclui nos números musicais interpretações de Tito Madi, João Dias, Alcides Gherardi e Luís Claudio.
ACPJ/I afirma que o argumento é de Anastacio Matos; sonografia de Avelino Parreira; modelos de Jacques Hein e montagem de cenários (?) de Manoel Oliveira. No elenco inclui Zilka Sallaberry, Rosemary Gracie, Afonso Stuart, Fábio Cardoso, Maria Helena e Nilza Amaral. Entre os intérpretes acrescenta Maysa, Silvio Mazzuca e sua Orquestra e Carlos Machado e Coro Colúmbia.
Festival de Curitiba: Festival de Cinema de Curitiba.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Matemática, 0… Amor, 10 (1960)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.