fbpx

Mater Dei (2000)

Sinopse

Vini e Diogo são dois irmãos que querem fazer um filme. Vini é cineasta e Diogo é jornalista, mas eles têm um grande problema: a falta de financiamento. Passam a buscar junto a empresários a verba necessária para um novo filme, mesmo que signifique passar notas frias ou se envolver em corrupção. Conhecem um construtor que está envolvido em uma guerra velada com um juiz, em uma licitação pública o juiz recebeu propina para que a empresa do construtor vencesse a disputa, o que não aconteceu e ainda ficou com o dinheiro.

Esta é a segunda vez em que os irmãos Vinícius e Diogo Mainardi trabalham juntos em um filme. A anterior fora em 16060 (1995).

O orçamento de Mater Dei foi de R$ 600 mil, bancados pelos próprios produtores do filme e sem haver um único tostão oriundo dos mecanismos de renúncia fiscal existentes para patrocínio de filmes. O filme foi totalmente filmado em minivídeo digital, a fim de reduzir os custos.

O título do filme “Mater Dei” significa, em latim, “Mãe de Deus”.

Galeria

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.