fbpx

Maurício Mattar

Biografia

Maurício Mattar Kirle de Souza, em arte conhecido como Maurício Mattar, é um ator e cantor brasileiro nascido no Rio de Janeiro (RJ) no dia 03 de abril de 1964.

Iniciou a carreira aos quatorze anos no teatro, nas peças Capitães de Areia, Nossa Cidade e Os 12 Trabalhos de Hércules. Na televisão faz as novelas Roque Santeiro (1985), Cambalacho (1986) e a minissérie O Fim do Mundo (1996), etc.

Estreia no cinema em 1986, no filme O Cinema Falado, de Caetano Veloso.

Na década de 1990, ingressou na carreira de cantor e faz muito sucesso com as garotas.

Em 1998, participou da série Mulher, ao lado de Patrícia Pillar e Eva Wilma, depois Porto dos Milagres (2001), A Lua me Disse (2005), O Profeta (2007), Casos e Acasos (2008) e Faça sua História (2008).

No cinema, depois de dezessete anos, retornou à sétima arte participando do filme Falsa Loura, de Carlos Reichenbach.

Namorou atrizes como Angélica e Paola de Oliveira. Foi casado com a cantora Elba Ramalho com quem tem um filho, Luã (1987); com Flávia Gracie teve Rayra (1990) e da união também já desfeita com a apresentadora Fabiana Sá, tem Petra (1994).

Filmografia

2015 :: Divã a 2 – O Filme
2007 :: Falsa Loura
1990 :: O Gato de Botas Extraterrestre
1989 :: Kuarup
1987 :: Johnny Love
1986 :: O Cinema Falado

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Maurício Mattar. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/mauricio-mattar/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.