fbpx

Meu Tio matou um cara (2004)

Sinopse

Éder (Lázaro Ramos) é preso ao confessar ter matado um cara. Duca (Darlan Cunha), um menino de quinze anos, sobrinho de Éder, quer provar a inocência do tio. Ele tem certeza que o tio está assumindo o crime para livrar a namorada, Fátima (Deborah Secco), ex-mulher do morto. Duca também quer conquistar o coração de Isa (Sophia Reis), uma colega de escola que parece estar mais interessada em seu melhor amigo, Kid (Renan Gioelli). Duca envolve Isa e Kid na investigação e, é claro, muitas aventuras acontecem.

Elenco

Ailton Graça (Laerte)
Darlan Cunha (Duca)
Deborah Secco (Fátima)
Dira Paes (Cléia)
Lázaro Ramos (Éder)
Sophia Reis (Isa)
Renan Gioelli (Kid)

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Meu Tio matou um cara (2004) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Jorge Furtado
Roteiro: Jorge Furtado e Guel Arraes
Assistente de Direção: Ana Azevedo
Produção: Paula Lavigne (Natasha Filmes), Guel Arraes, Nora Goulart (Casa de Cinema) e Luciana Tomasi (Casa de Cinema)
Produção executiva: Nora Goulart e Luciana Tomasi
Direção de produção: Marco Bajotto
Fotografia: Alex Sernambi
Direção de arte: Fiapo Barth
Produção de elenco: Cynthia Caprara
Figurino: Rosângela Cortinhas
Cabelo e maquiagem: Aline Matias
Montagem: Giba Assis Brasil
Som: Zezé d´Alice
Música: Caetano Veloso e André Moraes
Assessoria de Imprensa: Pauta Assessoria
Co-produção: Natasha Filmes | Casa de Cinema de Porto Alegre
Distribuição: Fox Film

Título original: Meu Tio Matou 1 Kra
Gênero: Comédia
Duração:
Lançamento (Brasil): 2005

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Meu Tio matou um cara. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/meu-tio-matou-um-cara/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.