fbpx

Miramar (1997)

Sinopse

O filme Miramar narra a trajetória da formação de um cineasta: Miramar. Na primeira parte do filme, a influência da família se faz sentir através de um convívio prazeroso e ambiente privilegiado.

Na segunda parte, Miramar empenha-se em aprimorar sua formação cultural; nesse percurso, aproxima-se sucessivamente de uma bela professora de literatura, de uma produtora devoradora de cineastas e de uma atriz famosa e envolvente.

Todas essas experiências, mescladas às recordações da infância, vão amadurecendo Miramar que, no final do filme, câmera 16mm na mão, concretiza seu tão almejado sonho.

Elenco

Rebello, João (Miramar)
Gam, Giulia (Rollah)
Vilela, Diogo (o pai)
Torres, Fernanda (a produtora)
Nunes, Bia (a professora de literatura)
Mamberti, Cláudio (o amigo intelectual)
Rebello, Angela
Sá, Carolina
Marinho, José
Verano, Tatiana
Villaboim, Paschoal
Bressane, Tande
Ribeiro, Freddy
Bressane, Noa
Sobral, Bruno
Ferrantes, Marcos Ribeiro
Abreu, Maria Clara

Participação especial:
Cardoso, Louise (a mãe)

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Miramar que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Julio Bressane
Roteiro: Julio Bressane
Assistência de direção: Bressane, Tande
Produção: Julio Bressane
Direção de produção: Castello, Rodrigo
Produção executiva: Braga, Marta Fernandes
Assistência de produção: França, Daniel
Direção de Fotografia: Ribeiro, José Tadeu
Assistência de fotografia: Ramalho, Gu; Caneca, Maritza
Eletricista: Ferreira, Hélio Freitas
Assistente de eletrecista: Cunha, Marcelo Pecis
Maquinista: Barreto, Carlito
Direção de arte: Dias, Rosa
Figurinos: Gavaldão, Maria Aparecida
Maquiagem: Verçosa, Rose
Assistência de figurino: Cabral, Joana
Técnico de som: Murici, Toninho
Montagem: Flores, Virgínia
Montagem de som: Ciclos Imagem e Som; Flores, Virgínia; Ariani, Fernando
Música (Genérico): Tragtenberg, Lívio
Companhia Produtora: Kabuki Produções Culturais
Companhia(s) co-produtora(s): Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro; Secretaria Municipal de Cultura; Riofilme
Companhia Distribuidora: Riofilme

Prêmios

1997 :: Melhor Filme no 30. Festival de Cinema de Brasília – DF.
1997 :: Melhor Diretor no 30. Festival de Cinema de Brasília – DF.
1997 :: Melhor Fotografia no 30. Festival de Cinema de Brasília – DF.
1997 :: Melhor Montagem no 30. Festival de Cinema de Brasília – DF.
1997 :: Melhor Trilha Sonora no 30. Festival de Cinema de Brasília – DF.
1997 :: Prêmio Líder no 30. Festival de Cinema de Brasília – DF.
1997 :: Prêmio da Crítica no 30. Festival de Cinema de Brasília – DF.

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

Sites na Internet:
http://www.cinemateca.org.br/ – Cinemateca Brasileira – Brasil

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
CB/Documentação Diversa, D 569 – press-release e convite de pré-estréia
FBR/30ACF
CBMC/1994-1998
Folha de S. Paulo, 03.07.1996; 26.12.1996; 22.11.1997, Acontece, p.2; 04.03.1998, Ilustrada, p. 4
Jornal do Brasil, 26.01.1998, Caderno B, p. 5
Jornal da Tarde, 31.08.1997, SP, p. 1C

Fontes consultadas:
Riofilme/site
FBR/30

Observações:
Jornal da Tarde de 31.08.1997 indica: selecionado para o , onde será exibido na seção Oficina Veneziana.
Folha de São Paulo de 04.03.1998 informa que o filme “competirá” no em 16.03.1998.
Jornal do Brasil de 26.01.1998 indica: exibido na , MG.
BMC/CB 94-98 aponta, também como produtora .
Folha de São Paulo de 22.11.1997 comenta que o filme tem 2 partes faladas em inglês, sem legendas.
Distribuição em vídeo: e .
Riofilme/site grafa o nome de como ; inclui como direção de produção e indica como produção executiva.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.