fbpx

Missão 115 (2017)

Uma dupla de militares pretendia explodir não uma, mas várias bombas num show no Riocentro. No entanto, uma bomba explodiu antes de ser usada, dentro do carro dos militares, um Puma. Um deles saiu ileso e está vivo até hoje, o outro morreu na hora.

Missão 115 foi o nome atribuído pelo DOI-CODI (órgão de repressão do exército durante a ditadura militar) a uma suposta operação de vigilância no Rio de Janeiro, durante show musical no Riocentro pelo Primeiro de Maio de 1981. Na verdade, tratava-se de um atentado a bomba, afinal frustrado, que visava sabotar a redemocratização do país. Pela primeira vez um dos membros daquela equipe de terroristas, o ex-policial Claudio Guerra, conta em detalhes como a operação foi planejada e executada. Os trabalhos recentes da Comissão Nacional da Verdade também jogam novas luzes sobre o episódio e as sucessivas tentativas de apuração ao longo de mais de três décadas.

O documentário mostra o que foi evitado: um verdadeiro banho de sangue onde milhares de pessoas seriam atingidas e não poderiam fugir ou serem atendidas por serviços de emergência, porque a segurança do local estava comprometida e todas as portas de saída estavam fechadas.

O filme não se esgota no relato do atentado e mostra como essa semente de ignorância e fascismo persiste até hoje. Trata-se do primeiro documentário sobre atos terroristas do grupo contrário à redemocratização no Brasil nos anos 80.

Nessa época já estava em curso o processo de redemocratização com a Anistia e o vislumbre do retorno de um presidente civil. A ideia era promover uma abertura lenta, gradual e segura, segundo o então chefe da Casa Civil, General Golbery do Couto e Silva.

O General João Figueiredo, último presidente do ciclo militar desde o golpe de 1964, estava engajado na abertura, mas um grupo de radicais, formados por servidores do aparelho de informação e segurança, apelou para o terrorismo, com medo de perder as regalias.

Angélica Muller
Antônio do Passo Cabral
Belisa Ribeiro
Carlos Fico
Chico Otavio
Claudio Antônio Guerra
Daniel Aarão Reis
Eduardo Seabra Fagundes
Francisco Teixeira
Hélio Fernandes

Ivan Cavalcanti Proença
João Camillo Penna
Leonel Rocha
Lucas Figueiredo
Luiz Werneck Vianna
Magno Braz Moreira
Mauro Pimentel
Olga Carvalho
Rosa Cardoso
Wadih Damous

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Missão 115 (2017) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Silvio Da-Rin
Roteiro: Silvio Da-Rin e Bernardo dos Santos
Produção: Martha Ferraris e Thais Mello
Diretor de Produção: Daniel Lion
Direção de Fotografia: Antonio Luiz Mendes, abc e Edgar Moura
Montagem: Célia Freitas
Empresa Produtora: Diálogo Comunicação
Coprodutora: Afinal Filmes | Canal Curta!
Distribuidora: Bretz Filmes

Brasil | Documentário | cor/pb | 87 min. | 2017

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Missão 115. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/missao-115/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]