fbpx

Morre Mãe do cineasta Glauber Rocha, a criadora do Instituto Tempo Glauber

Notícia

imageToda a comunidade cinematográfica brasileira expressa seu pesar pela morte de Lúcia Rocha, mãe do cineasta Glauber Rocha, nesta sexta-feira, dia 3 de janeiro, aos 95 anos.

Dona Lúcia, como era mais conhecida, dedicou boa parte de sua vida à preservação da memória da obra do filho, falecido em 1981. Foi a responsável pela criação do Instituto Tempo Glauber, no Rio de Janeiro, onde reuniu e restaurou cópias de seus filmes e livros, além de mais de 103 mil documentos a respeito de um dos mais emblemáticos nomes do Cinema Novo. Dona Lúcia, ela mesma, guiava visitantes do Instituto, que também oferece cursos e palestras relacionados ao cinema, além de exibir filmes em mostras e de cineastas estreantes.

Grande incentivadora da carreira do filho, contava com orgulho que o presenteou com sua primeira câmera de 16mm. Participou das filmagens de “Barravento” (1962) e também desenvolveu figurinos para os clássicos “Deus e o diabo na terra do sol” (1964) e “O Dragão da maldade contra o santo guerreiro” (1969).

“É inestimável a contribuição que Dona Lúcia deu ao cinema brasileiro ao cuidar da obra de Glauber em um espaço que acolhe e serve de inspiração a quem quer fazer cinema em nosso país. É um momento de grande tristeza para a comunidade cinematográfica”, lamentou o Diretor-Presidente da ANCINE, Manoel Rangel.

O velório de Lúcia Rocha acontece no Instituto Tempo Glauber (Rua Sorocaba, nº 190 – Botafogo, Rio de Janeiro) até amanhã, dia 04, quando será realizado o sepultamento de seu corpo no Cemitério São João Batista.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.