fbpx

Mulher Oceano (2020)

Em Mulher Oceano, acabando de se mudar para o Japão, uma escritora brasileira começa a escrever um livro baseado em suas experiências, principalmente, sobre uma nadadora que presenciou no mar do Rio de Janeiro. Apesar de, aparentemente, ambas não terem nenhuma conexão, a vida de uma começa a interferir na vida da outra, sempre ligadas pelo oceano. Enquanto Hannah (Djin Sganzerla), a escritora, inicia uma jornada de autodescoberta no Japão, Ana, a nadadora, estranhamente tem seu corpo transformado em uma espécie de oceano interior.

Djin Sganzerla …. Hahhan / Ana Bittencourt
Kentaro Suyama …. Yukihiko Oumi
Stenio Garcia …. Pai da Ana
Lucélia Santos …. Teresa Visser
Gustavo Falcão …. Rafael
Rafael Zulu …. Rogério
Jandir Ferrari …. Daniel

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Mulher Oceano que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Djin Sganzerla
Roteiro: Djin Sganzerla
Produção: Djin Sganzerla
Diretor de fotografia: Andre Guerreiro Lopes
Montadora: Karen Akerman
Empresa Produtora: Mercúrio Produções
Distribuição: Elo Company

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

3 comentários sobre “Mulher Oceano (2020)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.