fbpx

Nardjes A. (2020)

Sinopse

Argélia, fevereiro de 2019. Uma onda de protestos populares de cunho pacífico toma as ruas de Argel contra a apresentação da 5ª candidatura do então presidente Bouteflika. Nardjes, uma jovem militante argelina, encontra no movimento um espaço para reivindicar um futuro melhor para a sua geração.

Filmado em 08 de março de 2019, Dia Internacional da Mulher, Nardjes A. retrata um dia na vida da ativista enquanto ela se junta aos milhares de manifestantes nas ruas de Argel que seguem em luta para derrubar o regime que os silenciou por décadas. Seguimos seus passos em meio a um momento histórico para seu país.

O diretor premiado em Cannes na mostra Un Certain Regard, Karim Aïnouz, está de volta ao Festival Internacional de Cinema de Berlim – Berlinale, com o documentário Nardjes A. Filmado em um smartphone no início da Hirak (movimento de protestos que tomou conta da vida política Argélia desde o início de 2019), o filme é o retrato íntimo de um ativista que luta por um futuro democrático na Argélia em um momento de agitação política. Em meio a crises globais, Nardjes A. simboliza o ardor das jovens gerações de 2020, que invadem as ruas reivindicando um futuro melhor em todo o mundo.

O filme terá sua estreia mundial na Mostra Panorama da 70º Berlinale.

Nardjes A. é uma coprodução entre Alemanha (Watchmen Productions), França (MPM Film), Argélia (Show Guest Entertainment, Brasil (CINEMA Inflamável), e Qatar (Instituto de Cinema de Doha), coproduzido pelo Canal Brasil. Com o apoio do Instituto de Cinema de Doha e desenvolvido por Final Cut em workshop da Bienal de Veneza.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Nardjes A. (2020) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Karim Aïnouz
Produção: Marie-Pierre Macia, Christopher Zitterbart, Richard Djoudi, Claire Gadéa, Janaina Bernardes
Diretor de Fotografia: Juan Sarmiento
Montagem: Ricardo Saraiva
Montagem de som: Sebastian Morsch
Empresas Produtoras: Watchmen Productions (Alemanha) | MPM Film (França) | Show Guest Entertainment (Argélia) | CINEMA Inflamável (Brasil) | Instituto de Cinema de Doha (Qatar)
Empresa Coprodutora: Canal Brasil

Apoio: Apoiado pelo Doha Film Institute – Desenvolvido por Final Cut em workshop da Bienal de Veneza

Gênero: Documentário

Ano: 2020

Países: Argélia / França / Alemanha / Brasil / Qatar Premiere Mundial / Mostra Panorama Dokumente

Bibliografia

Livros:

Internet:

FACTORIA. Nardjes A.. Disponível no endereço: http://www.factoriacomunicacao.com/?pressroom=nardjes-a-festival-de-berlim-2020
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Nardjes A.. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/nardjes-a/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.