fbpx

Nelson Xavier (1941-2017)

Nelson Agostini Xavier, em arte mais conhecido como Nelson Xavier, foi um ator, autor e diretor brasileiro nascido em São Paulo (SP) no dia 30 de agosto de 1941. Ao longo de cinco décadas de carreira, Nelson Xavier participou em inúmeros trabalhos no teatro, TV e cinema.

Desde criança gostava de escrever poesias. Com 10 anos, tentou fazer seu primeiro roteiro. Com seus contos, O Segredo do Velho Mundo (1970) e Trivial Simples (1971), foi agraciado com dois prêmios Anchieta em São Paulo. Era uma faceta pouco conhecida de Nelson, que, em 1957, concluiu seu curso na Escola de Artes Dramáticas (EAD), em São Paulo.

Logo em seguida, entrou para o Teatro de Arena, estreando na peça Eles Não Usam Black-Tie, em 1958. Em 1960, Nelson ganhou o Prêmio Governador do Estado de São Paulo por sua atuação na peça Revolução na América do Sul, de Augusto Boal; e em 1970 ganhou o Prêmio Anchieta de Dramaturgia, por sua atuação na peça O Segredo do Velho Mundo.

Estreou no cinema em 1960, no filme Cidade Ameaçada, direção de Roberto Farias, e constituiu sólida carreira; principalmente nos clássicos Os Fuzis (1964), Rainha Diaba (1974), talvez seu melhor momento no cinema; além de Dona Flor e seus Dois Maridos (1976), dirigido por Bruno Barreto, Eles não usam black-tie (1981), dirigido por Leon Hirszman, O Bom Burguês (1982), dirigido por Oswaldo Caldeira, O Mágico e o Delegado (1983), pelo qual recebeu o prêmio de melhor ator no Festival de Brasília; e O Testamento do Senhor Napumoceno (1998), Narradores de Javé (2003), entre vários outros filmes.

Na televisão, estreou em 1968, na novela Sangue e Areia, no papel de Zorba. Viveu papéis marcantes nas minisséries Lampião e Maria Bonita (1982) e O Pagador de Promessas (1988), além de inúmeras novelas, como Sol de Verão (1982), Kananga do Japão (1989), Irmãos Coragem (1995), Estrela Guia (2001), América (2005), Belíssima (2006), Sítio do Pica-Pau Amarelo (2007), no papel do Barão de Tremembé; A Favorita (2008), como Edivaldo; e Casos e Acasos (2008), interpretando Armando, sempre pela TV Globo.

Foi um ator muito premiado no cinema, como em 1978, quando recebeu o Urso de Prata do Festival de Berlim e o Candango do Festival de Brasília, por sua atuação no filme A Queda, em que codirigiu junto com Ruy Guerra. Em 1983, recebeu outro Candango por sua atuação em O Mágico e o Delegado. Em 1997, o Kikito de Melhor Ator em Gramado, por O Testamento do Senhor Napumoceno.

No ano de 2010, ganhou maior destaque no cinema nacional ao participar da biografia do medium Chico Xavier – O Filme, onde Nelson Xavier fez o papel principal.

Em 2014, durante a edição do Festival de Gramado, Nelson Xavier contou que fez tratamento contra o câncer de próstata em 2004 e que estava livre da doença.

Porém, na noite do dia 09 de maio de 2017, o ator veio a falecer, aos 75 anos, em Uberlândia, Minas Gerais.

Foi casado com a atriz Joana Fomm. Era casado, nos últimos anos de vida, com a atriz Via Negromonte, com quem teve uma filha, Sofia Helena Xavier.

:: Filmografia como Ator ::

2016 :: Comeback
2016 :: Rondon, o Desbravador
2015 :: A Floresta que se move
2015 :: Os sonhos de um sonhador – A história de Frank Aguiar
2014 :: A Despedida
2014 :: Trash – A Esperança vem do Rio
2012 :: A Dama do Estácio
2011 :: O Filme dos espíritos
2011 :: O Gerente
2010 :: As Mães de Chico Xavier
2010 :: Chico Xavier – O Filme
2009 :: Sonhos Roubados
2003 :: Benjamim
2003 :: Narradores de Javé
2002 :: Lua Cambará – Nas escadarias do palácio
2001 :: Girl from Rio (Chica de Río) (Espanha/Inglaterra) …. Bicheiro
1997 :: Bola de Fogo (CM)
1996 :: O Testamento do Senhor Napumoceno (Napumocenos Will) (Brasil/Portugal/Bélgica/França/Cabo Verde)
1995 :: Sombras de Julho
1994 :: Auto de Leidiana (CM)
1994 :: Lamarca
1991 :: Vai trabalhar, vagabundo II – a volta (Amor Vagabundo)
1991 :: Brincando nos campos do Senhor (At Play In The Fields of The Lord) (EUA/Brasil) …. Padre Xantes
1989 :: Césio 137 – O pesadelo de Goiânia
1988 :: Referência (CM)
1988 :: Luar sobre Parador (Moon Over Parador) (EUA)
1987 :: João Cândido, um Almirante Negro (CM)
1985 :: Rei do Rio
1984 :: O Príncipe do Fogo (CM) …. narração
1984 :: Tensão no Rio
1984 :: Para Viver um Grande Amor
1983 :: O Cangaceiro Trapalhão
1983 :: O Mágico e o Delegado
1983 :: Gabriela, Cravo e Canela (Brasil/Itália/EUA)
1982 :: Amor e Traição (A Pele do Bicho)
1981 :: Eles não usam black-tie
1980 :: Sinal Vermelho (CM)
1980 :: Eu Carrego um Sertão Dentro de Mim (CM) (narração)
1980 :: O Bandido Antonio Dó
1980 :: Bububu no Bobobó
1979 :: Morto no Exílio (CM)
1979 :: O Bom Burguês
1979 :: A Rainha do Rádio
1978 :: A Queda
1977 :: Gordos e Magros …. Benedito
1977 :: Feminino Plural
1976 :: Marília e Marina
1976 :: Soledade
1976 :: Dona Flor e seus Dois Maridos
1975 :: Segunda-Feira (CM) (locução)
1974 :: Música Contemporânea no Brasil (CM) …. Narração
1974 :: Ovelha Negra, uma Despedida de Solteiro
1974 :: Rainha Diaba
1973 :: Vai Trabalhar, Vagabundo
1972 :: A Culpa
1971 :: As Confissões de Frei Abóbora… e seus Amores
1970 :: Dois perdidos numa noite suja
1970 :: É Simonal
1970 :: Os Deuses e os Mortos
1968 :: Desesperado (Dezesperato)
1968 :: Blá Blá Blá (CM)
1968 :: Massacre no Supermercado
1967 :: O ABC do Amor
1966 :: Três Histórias de Amor (Episódio: A Construção – Amor na Cidade)
1965 :: Arrastão (Les amants de La Mer) (França/Brasil)
1965 :: A Falecida
1964 :: Os Fuzis
1963 :: Seara Vermelha
1960 :: Cidade Ameaçada
1959 :: Fronteiras do Inferno

:: Filmografia como Diretor ::

1985 :: Vam’pra Disneylândia (CM)
1979 :: Linguagem Musical: Espontaneidade e Organização (CM)
1978 :: A Queda (codir. Ruy Guerra)

:: Filmografia como Roteirista ::

1978 :: A Queda

Fontes de Referência

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

G1. Nelson Xavier morre aos 75 anos em Uberlândia. Disponível no endereço: http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/nelson-xavier-morre-em-uberlandia.ghtml. Acesso em: 10 de maio de 2017.
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Nelson Xavier. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/nelson-xavier/nelson-xavier/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]