fbpx

Nico Nicolaiewsky (1957-2014)

Biografia

FOTO Nico NicolaiewskyNelson Nicolaiewsky, mais conhecido como Nico Nicolaiewsky foi um músico, compositor e humorista brasileiro nascido na cidade Porto Alegre no dia 09 de junho de 1957.

Conhecido em todo o Rio Grande do Sul, o ator participou de programas da RBS TV e da Rede Globo, como o Galpão Crioulo, tradicional atração de música regionalista do estado. Descendente de judeus da Bessarábia, Nico Nicolaiewsky começou a estudar piano aos 13 anos de idade, ao ser aprovado em um teste no curso de Belas Artes da UFRGS. Anos mais tarde, em 1978, foi um dos fundadores do musical “Saracura”, um dos mais importantes grupos de música urbana do Rio Grande do Sul no final dos anos 1970. O Saracura lançou apenas um LP, em 1982.

Em 1984, Nico cria, juntamente com o Hique Gomez, a comédia musical Tangos & Tragédias. Apesar disso, Nico morou durante 10 anos no Rio de Janeiro, onde estudou com o maestro Hans-Joachim Köellreuter. Em 1993, teve a sua filha Nina Nicolaiewsky.

Ao retornar ao Rio Grande do Sul, lançou dois discos solo: Nico Nicolaiewsky (1996) e As Sete Caras da Verdade (2002). O primeiro contém valsas e canções líricas e virou trilha do filme Amores, de Domingos de Oliveira. O segundo consiste em uma ópera-cômica, onde Nico interpreta o vilão Rodolfo.

Em 2007, Nico Nicolaiewsky lançou seu terceiro disco, intitulado Onde Está o Amor? que, diferente dos anteriores, contém músicas mais pop. O disco foi produzido por John Ulhoa, guitarrista da banda Pato Fu.

Faleceu na Sexta-Feira, dia 07 de Fevereiro de 2014, no Hospital Moinhos de Vento em Porto Alegre, RS. Ele lutava contra uma leucemia aguda desde 23 de janeiro de 2014.

Filmografia

:: Filmografia como Ator ::

2013 :: Até que a Sbornia nos separe
1997 :: O Pulso

:: Filmografia como Compositor de Trilha Sonora ::

1998 :: Amores

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.