fbpx

Nilu Lebert

Biografia

Nilu Lebert é ligada ao meio editorial desde 1978, trabalhou na editoria da Revista MS, depois transferindo-se para a Revista Capricho, com matérias de comportamento, entrevistas, perfil mensal e, em 1984, a editoria de beleza.

A partir de 1990, dedica-se a assessoria de imprensa, sendo a responsável pelas marcas estrangeiras importadas pela Phytoervas.

Em 1996 dedica-se à produção executiva da peça teatral Inseparáveis, de Maria Adelaide, no teatro FAAP, São Paulo.

De 1998 a 2003, como jornalista free-lance, atende às editora Abril, Globo e Símbolo, inclusive como tradutora, dada sua fluência em Inglês, italiano e francês.

Em 2003, Nilu Lebert assumiu a função de editora responsável pela Revista Comer, da Onde Editora.

O livro Sérgio Viotti foi o seu primeiro para a Coleção Aplauso.

Livros Publicados

Rubens Ewald Filho; LEBERT, Nilu. O cinema vai à mesa: histórias e receitas. São Paulo: Melhoramentos, 2007.
LEBERT, Nilu. Beatriz Segall: além das aparências. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2007.
LEBERT, Nilu. Jonas Bloch: o ofício de uma paixão. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2008.
LEBERT, Nilu. Sérgio Viotti: o cavalheiro das artes. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2004.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.