fbpx

Nise – O Coração da Loucura (2015)

POSTER Nise O Coracao da LoucuraAo sair da prisão, a doutora Nise da Silveira (1905-1999) volta aos trabalhos em um hospital psiquiátrico no subúrbio do Rio de Janeiro e se recusa a empregar o eletrochoque e a lobotomia no tratamento dos esquizofrênicos. Isolada pelos médicos, resta a ela assumir o abandonado Setor de Terapia Ocupacional, onde dá início à uma revolução regida por amor, arte e loucura.

Aconteceu um milagre, na década de 1950, no Brasil. Os mais importantes museus de arte moderna abriam seus salões para artistas de que nunca se ouvira falar. Muitos críticos assinalaram que essas exposições revelavam pintores que, apesar de desconhecidos, deveriam desde já ser considerados entre os maiores artistas brasileiros do século. Falou-se que essa explosão inédita de arte e beleza indicava que algo, comparável com a Renascença, poderia estar acontecendo no Rio de Janeiro. Por trás deste milagre não havia nenhuma academia de artes, nenhum mecenas ou marchand. Apenas uma psiquiatra, ridicularizada por seus colegas, e um ateliê de pintura, criado por ela em um hospital psiquiátrico nos subúrbios da cidade. Os artistas eram esquizofrênicos pobres, internados, alguns há várias décadas, abandonados por suas famílias e desenganados pelos médicos. Este filme conta a história deste milagre e da vida dessa psiquiatra rebelde, franzina e cativante: a Dra. Nise da Silveira.

O filme se passa entre 1942 e 1944, período em que Nise chega ao Rio de Janeiro para trabalhar no Hospital Pedro II, localizado no Engenho de Dentro, subúrbio da cidade. Lá é designada para cuidar da área de terapia ocupacional do centro psiquiátrico da unidade, transformando o setor. Os pacientes passam a ser tratados como clientes e a participar de atividades como jardinagem, teatro, dança e música. As chamadas oficinas de arte acabam se tornando ferramentas eficazes e fundamentais para a melhora significativa dos internos.

Eu não acredito em cura pela violência. A declaração define boa parte da luta da psiquiatra Nise da Silveira, que revolucionou o tratamento psiquiátrico no Brasil ao propor práticas humanas e a valorização da criatividade dos pacientes dentro de instituições voltadas para a saúde mental.

Os esforços de Nise continuam atuais e necessários para o país, que segundo o Conselho Federal de Psicologia, ainda possui hospitais psiquiátricos e manicômios que continuam reproduzindo a violência institucional e simbólica em nossa sociedade.

A luta antimanicomial de Silveira retratada em Nise – O Coração da Loucura, cujo projeto inicialmente chamava-se Nise da Silveira – A Senhora das Imagens, é primeiro longa de ficção do cineasta Roberto Berliner.

O longa foi eleito o melhor filme da 28ª edição do Festival Internacional de Cinema de Tóquio, além de melhor filme, a atriz Glória Pires conquistou a estatueta de Melhor Atriz por sua interpretação da mulher que revolucionou a psiquiatria nos anos de 1940, no Rio de Janeiro, depois de criar um ateliê de arte para seus pacientes, cuja maioria era esquizofrênica.

Elenco

Glória Pires …. Nise da Silveira
Simone Mazzer …. Adelina Gomes
Julio Adrião …. Carlos Pertuis
Claudio Jaborandy …. Emygdio de Barros
Fabrício Boliveira …. Fernando Diniz
Roney Villela …. Lucio Noeman
Flavio Bauraqui …. Octávio Ignácio
Bernardo Marinho …. Raphael Domingues
Augusto Madeira …. Lima
Felipe Rocha …. Almir
Roberta Rodrigues …. Ivone
Georgiana Góes …. Martha Pires
Fernando Eiras …. Mário Magalhães
Charles Fricks …. Mário Pedrosa
Zé Carlos Machado …. Dr. Nelson
Michel Bercovitch …. Dr. César
Tadeu Aguiar …. Dr. Mourão
Luciana Fregolente …. Eugênia
Zé Mario Farias …. Enfermeiro
Pedro Kosovski …. Dr. Letier
Eliane Costa …. Leila
Perfeito Fortuna …. Aurélio
Zezeh Barbosa …. Carmem

Clientes do STO:
Alice Morena
Antonio Barboza
Cí­cero Ferreira
Daniel de Souza
Dax Gomes
Deinha Pook
Edmilson Cordeiro
Jairo Florentino
Mônica de Barros
(em memória)
Mestre Chagas
Waldir da Silva
William Guimarães

Músicos São João:
Antonio Cassiano
José Nilton Braz
Luciano Luí­s da Silva

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Nise – O Coração da Loucura (2015) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Roberto Berliner
Roteiro: Flávia Castro, Mauricio Lissovsky, Maria Camargo e Chris Alcazar
Roteiro Final: Patricia Andrade, Leonardo Rocha e Roberto Berliner
Consultoria de roteiro: Bernardo Horta
Colaboração: Luiz Carlos Mello, Gladys Schincariol, Lula Vanderlei, Leonardo Domingues e Gina Ferreira
Assistência de Direção: Fernanda Luz e Leonardo Rocha
Produção: Rodrigo Letier
Produtores Associados: Luiz Carlos Mello, André Horta e François Wolf
Produção Executiva: Lorena Bondarovsky
Produção de Finalização: Anna Julia Werneck
Preparação de elenco: Tomás Rezende
Produção de elenco: Guilherme Gobbi e Dani Pereira
Assistente da Gloria Pires: Antônio Padilha
Direção de Produção: Henrique Castelo Branco
Direção de Fotografia: André Horta
Operação de Câmera: Marcio Menezes
Direção de Arte: Daniel Flaksman
Imagens documentais: Leon Hirszman, com fotografia de Luiz Carlos Saldanha
Figurino: Cris Kangussu
Maquiagem: Uirande Holanda
Montagem: Pedro Bronz, edt. e Leonardo Domingues
Som Direto: Leandro Lima
Desenho de Som: François Wolf
Mixagem: François Wolf
Trilha sonora original: Jacques Morelenbaum
Supervisão de imagem: Ely Silva
Supervisão de efeitos: Robson Sartori
Videografismo: Marcelo Pereira (Tecnopop)
Empresa Produtora: TVZero

Prêmios

Melhor Filme e Melhor Atriz – Festival de Tóquio, 2015
Melhor Filme Juri Popular – Festival do Rio, 2015
Melhor Filme Juri Popular, Melhor Trilha Sonora e Melhor Direção de Arte – Fest Aruanda, João Pessoa, 2015

Bibliografia

Livros:

SILVEIRA, Nise da. Imagens do Inconsciente. : Vozes, .

Jornais:

FONSECA, Rodrigo. A classe média em tempos de UPP. Jornal O Globo. 17 de fevereiro de 2013.

Internet:

A GAMBIARRA. https://www.agambiarra.com/nise-coracao-loucura-filme/
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Nise – O Coração da Loucura. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/nise-o-coracao-da-loucura/
TV ZERO. Nise – O Coração da Loucura. Disponível no endereço: http://www.tvzero.com/projeto/nise-o-coracao-da-loucura

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

6 comentários sobre “Nise – O Coração da Loucura (2015)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.