fbpx

Noite Vazia (1964)

Dois amigos contratam os serviços de uma dupla de prostitutas. O que seria uma noite de prazer acaba se transformado em um embate entre os quartos, revelando pouco a pouco suas angústia e ressentimentos e aflorando seus sentimentos mais íntimos e profundos.

Um rico empresário, Luizinho, e seu amigo Nelson, fazem incursões pela noite paulistana em busca de sexo e diversão que preencham o vazio de suas vidas. Numa dessas noitadas, a dupla encontra, numa casa noturna, duas prostitutas de luxo, Mara e Regina. Luizinho convida o grupo para ir ao seu apartamento. Lá, os quatro entregam-se aos prazeres do sexo e suas infinitas variações. Mara e Nelson formam um casal silencioso e triste que se vê obrigado a se confrontar com o agitado Luizinho. Mara, na realidade, é uma jovem amadurecida, mas egoísta e amarga, que só pensa em dinheiro. Finalmente, após uma noite repleta de luxúria e prazer, os dois casais terminam envoltos em tédio e angústia.

Elenco

Norma Bengell …. Mara
Odete Lara …. Cristina)
Mário Benvenutti …. Luizinho
Gabriele Tinti …. Nelson
Lisa Negri …. Amante de Nelson
Marisa Woodward
Célia Watanabe
Wilfred Khouri …. Filho de Luizinho
David Cardoso …. Rapaz desavisado
Anita Kennedy
Ricardo Rivas
Júlia Kovach
Laura Maria
The Rebels

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Noite Vazia (1964) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Walter Hugo Khouri
Argumento: Walter Hugo Khouri
Roteiro: Walter Hugo Khouri
Diálogos: Walter Hugo Khouri
Assistência de direção: Alfredo Sternheim e Sílvio de Campos
Continuidade: David Cardoso
Direção de produção: Nelson Gaspari
Coordenação de produção: Maurício Rittner, Amaro César, René Clauzet e Luiz Falanga
Direção de fotografia: Rodolfo Icsey
Assistência de fotografia: Raymundo Icó
Câmera: Geraldo Gabriel
Foco: Marcial Alfonso
Chefe eletricista: Horácio Camargo
Técnico de som: Antonio Vitale, Raul Nanni e Miguel Segatio
Engenharia de som: Ernst Hack
Montagem: Mauro Alice
Assistente de montagem: Ermetes Ciocheti
Cenografia: Pierino Massenzi
Títulos de apresentação: Valdi Ercolani
Responsável por construções: Hermes de Oliveira
Decoração: Sílvio de Campos
Maquiagem: George Pisani
Trilha musical: Rogério Duprat
Companhias Produtoras: Kamera Filmes | Companhia Cinematográfica Vera Cruz
Companhias Distribuidoras: Cinedistri – Produtora e Distribuidora de Filmes do Brasil | Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.

Dados adicionais de música:
Intérprete: Zimbo Trio

Brasil | Drama | pb | 91 min. | 35mm | 2.509m | 24q | RCA-Victor | 1964 | SP

Prêmios

:: Prêmio Saci 1964, SP, de Melhor Filme; Melhor direção e Melhor Argumento para Walter Hugo Khouri; Melhor Ator para Mário Benvenutti; Melhor Atriz para Odete Lara; Atriz Secundária para Marisa Woodward.
:: Prêmio Governador do Estado de São Paulo 1964, SP, de Melhor Produtor, Melhor direção e Melhor roteiro para Walter Hugo Khouri; Melhor Ator para Mário Benvenutti; Melhor Atriz para Norma Bengell; Melhor Fotografia para Rodolfo Icsey e Melhor Composição para Rogério Duprat.
:: Prêmio Cidade de São Paulo, Júri Municipal de Cinema, 1964, SP.

Bibliografia

Fontes de Referência

Fontes utilizadas:
Material examinado
Press-release (As Filhas do Fogo)
Documento do Departamento Federal de Segurança Pública
CENS/IV
CENS/I
ALSN-DFB
CB/EMB-110.2-00661

Fontes consultadas:
RB/AN65
LRB/CP
ACPJ/CB 10
ACPJ/I
CCB/Censura

Livros:

LARA, Odete. Eu Nua. Rio de Janeiro: Rosa dos Tempos, 2002.
PUCCI JR., Renato Luiz. O Equilíbrio das Estrelas: filosofia e imagens no cinema de Walter Hugo Khouri. São Paulo: Annablume/FAPESP, 2001.

Internet:

ANCINE. Noite Vazia. Disponível no endereço: http://sad.ancine.gov.br/obrasnaopublicitarias/pesquisarCpbViaPortal/pesquisarCpbViaPortal.seam. Acesso em: 18.01.18.
CINEMATECA BRASILEIRA. Noite Vazia. Disponível no endereço: http://www.cinemateca.org.br/
Internet:
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Noite Vazia. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/noite-vazia/

Observações:

O Certificado de Censura Federal 21.222 indica cortes na segunda parte, na cena de alcova, quando os dois juntam os corpos nus pela frente; na terceira parte, quando as duas mulheres abraçadas rolam pela cama; na quarta parte, na cena de cama, toda a seqüência entre Gabriele e Norma Bengell; corte parcial na cena das duas moças e cena da projeção; redução final do rolo 4 e cena da chuva. Houve revisão de censura em 08.08.1966.
RB/AN65 informa que o filme recebeu oito prêmios merecidos em São Paulo e que houve exibição reprise em 1965.
ALSN/DFB informa que o filme representou o Brasil no Festival Internacional de Cannes, na França.
ACPJ/CB 10 inclui em sua ficha técnica: produção de Walter Hugo Khouri; Geraldo Gabriel como operador (provavelmente de câmera); Maurício Rittner como assistente de direção além de completar o nome de Alfredo Davis Sternheim. Por fim, indica que o filme foi realizado entre fevereiro e março de 1964.
ACPJ/I informa Horácio Camargo como eletricista e René Clauzet como secretário (ou secretaria de produção). No elenco inclui Manoel Dias.
O Departamento Federal de Segurança Pública resolveu interditar o filme em todo território nacional e a apreensão de cópias no dia 21 de setembro de 1964.
Além do Ipiranga, o lançamento aconteceu no circuito em São Paulo.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

2 comentários sobre “Noite Vazia (1964)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.