fbpx

Nordeste Sangrento (1963)

Sinopse

FOTO Nordeste SangrentoNordeste, época imprecisa. O vaqueiro Zé Piedade (Paulo Goulart) viaja rumo a seu grande sonho: ver o mar. No caminho, porém, trava amizade com o bando do cangaceiro Jacaré (Waldir Maia) e vai parar em Juazeiro, onde reina o beato padre Cícero (Jacy Campos). Ao seguir viagem, ele descobre que forças do governo preparam um ataque à cidade santa. Então, Zé Piedade volta e se une aos cangaceiros na defesa de Juazeiro.

Esse nordestern de Wilson Silva mistura personagens reais e fictícios, com referências históricas completamente equivocadas. Mas quem liga? Há lutas de facão, um canhão que as tropas do governo usam para bombardear Juazeiro e até um duelo final dentro de um cemitério. Trata-se do primeiro longa-metragem rodado no Sergipe e do primeiro nordestern a abordar o fanatismo religioso, com direito ao marido de Nicete Bruno na pele de um John Wayne nordestino. Wilson Silva dirigiria depois um western estrelado por crianças, No Tempo dos Bravos (1965).

Elenco

Irma Alvarez
Luely Figueiró
Paulo Goulart
Jackson de Souza
Waldir Maia
Roberto Duval
Armindo Guanais
Jacy Campos
Milton Vilar
Leda Figueiró

Ficha Técnica

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.