fbpx

O ABC da Morte 2 (2014)

Sinopse

FOTO O ABC da Morte 2Retomando a proposta da primeira antologia, os produtores convocaram um novo time de jovens e talentosos realizadores de diversos países para que criasse livremente histórias macabras de assassinatos, suicídios, acidentes e mortes absolutamente indescritíveis: 26 maneiras de morrer – uma para cada letra do alfabeto. O resultado é uma nova reunião de curtas divertidos, chocantes e provocadores, que pretende ir ainda mais longe do que o primeiro filme da série.

O longa conta ainda com o brasileiro Dennison Ramalho, dos curtas Amor só de mãe e Ninjas, e roteirista de Encarnação do demônio.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de O ABC da Morte 2 que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Dennilson Ramalho, Rodney Ascher, Julian Barratt, Robert Boocheck, Alejandro Brugués, Kristina Buozyte, Alexandre Bustillo, Larry Fessenden, Julian Gilbey, Spencer Hawken, Jim Hosking, Lancelot Oduwa Imasuen, E.L. Katz, Aharon Keshales, Steven Kostanski, Marvin Kren, Juan Martínez Moreno, Erik Matti, Julien Maury, Robert Morgan, Chris Nash, Vincenzo Natali, Hajime Ohata, Navot Papushado, Bill Plympton, Todd Rohal, Jerome Sable, Bruno Samper, Sion Sono, Jen Soska, Sylvia Soska
Roteiro:
Produção Executiva:
Produção:
Assistente de Produção:
Direção de Fotografia:
Operador de Câmera:
Assistente de Câmera:
Diretor de Arte:
Desenho de Produção:
Figurinista:
Cenografia:
Montador:
Som:
Edição de Som:
Empresa Produtora: Andaluz
Empresa Coprodutora:
Empresa Distribuidora:

Bibliografia

Livros:

Internet:

.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.