fbpx

O Amanhã é Hoje (2018)

Trailer

Sinopse

Documentário que constata que os impactos do clima já alcançaram todos os brasileiros, estejam na cidade, no campo ou na floresta. Nada nem ninguém escapa. Gente de todos os cantos do Brasil, nossas cidades e florestas. A economia, a saúde e nossos sonhos de futuro. Seis brasileiros, de cinco estados, contam como as mudanças climáticas impactaram suas vidas. A jovem indígena que tornou-se brigadista voluntária depois de um incêndio florestal sem precedentes; a pequena agricultora que enfrentou seis anos de seca; a comunidade caiçara centenária obrigada a mudar de território em razão da força do mar; o comerciante que viu seu negócio ser destruído pelas chuvas e deslizamentos que ceifaram centenas de vidas no Rio de Janeiro; o produtor de ostras penalizado pelo aumento da temperatura do mar; a mulher que perdeu dois carros, em uma cidade litorânea, para as ressacas que avançam na costa brasileira.

A crise do clima vai piorar. A temperatura do planeta pode aumentar 1,5°C já nos próximos trinta anos, segundo o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC). Uma das consequências do aquecimento global é justamente a mudança climática. Se a temperatura aumentar mais, os impactos no meio ambiente, na economia e na vida da sua família serão devastadores, disseram os melhores especialistas em clima do Brasil entrevistados para o documentário. O Brasil é um dos 18 países que mais perdem dinheiro com as mudanças climáticas, mostrou um relatório recente da ONG alemã Germanwatch. Para reduzir esses impactos, precisamos barrar o desmatamento das florestas.

Sete organizações da sociedade civil uniram esforços para tirar da invisibilidade as histórias dos afetados pelas mudanças climáticas. São elas: Articulação dos Povos Indígenas do Brasil, Artigo 19, Conectas Direitos Humanos, Engajamundo, Greenpeace, Instituto Alana e Instituto Socioambiental. A pedido delas, estudiosos do clima produziram dois documentos técnicos inéditos que apontam os riscos iminentes para as pessoas e para o planeta: Mudanças climáticas, impactos e cenários para a Amazônia e A Amazônia precisa de uma economia do conhecimento da natureza.

As mudanças climáticas, no entanto, não podem competir, apenas, a cientistas e outros especialistas. É uma causa de todo mundo.

Elenco

Celiana Krikati
Gilberto Sader
Leonardo Cabral
Maria José Pereira da Rocha
Patrícia Amado
Tatiana Mendonça Cardoso

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de O Amanhã é hoje – o drama de brasileiros impactados pelas mudanças climáticas (2018) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Thais Lazzeri
Roteiro: Laura Toledo Dauden e Thais Lazzeri
Produção: Thais Lazzeri
Coordenação e produção executiva: Thais Lazzeri
Direção de fotografia: Miguel Herrera
Ensaio fotográfico: Fernando Martinho
Imagens de apoio: Coi Belluzzo, Fábio Nascimento, Giovanni Bello, Marcos Wesley – Instituto Socioambiental Bruno Morais – Arquivo ASA, Fernando Martinho e Greenpeace
Direção de Arte: Laboota
Tradução: Melissa Harkin
Mixagem: Estúdio Casa da Árvore
Trilha sonora original: Estúdio Casa da Árvore
Design multiplataforma: Leandro Castro
Empresa Produdora: Foward
Apoio institucional: Instituto Clima e Sociedade (ICS)

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. O Amanhã é hoje – o drama de brasileiros impactados pelas mudanças climáticas. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/o-amanha-e-hoje/
O AMANHÃ É HOJE – SITE OFICIAL. Disponível no endereço: http://www.oamanhaehoje.com.br/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.