fbpx

O Bolo (2010)

Dirce (Fabíula Nascimento) é uma empregada doméstica religiosa que trabalha para Cadu (Eriberto Leão), um artista libertário. Uma sequência de situações hilárias ocorre quando a moça prova o bolo de aniversário de seu patrão. Ao limpar a casa onde aconteceu uma festa na noite anterior, a jovem diarista se depara com as sensações provocadas pelo doce “mágico”, dado de presente pela amiga hippie chic Lili (Catarina Abdala), que despertam a sensualidade da empregada, que se vê atraída pelo patrão bonitão. Sem conseguir saciar seu desejo, ela encontra no porteiro Agnaldo (Flavio Bauraqui) a oportunidade de realizar suas mais secretas fantasias sexuais

Dirigido, escrito e produzido por Robert Guimarães, o curta foi selecionado para o Festival do Rio 2010.

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de O Bolo (2010) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Robert Guimarães
Roteiro: Robert Guimarães
Edição: Bernardo Jucá

:: Melhor Curta Nacional no MIX Brasil 2010;

Internet:

FACEBOOK. O Bolo. Disponível no endereço: http://www.facebook.com/pages/Curta-O-BOLO/153889731290321?v=wall&ref=ts
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. O Bolo (2010). Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/o-bolo-2010/
ME ADICIONA. O Bolo. Disponível no endereço: http://www.meadiciona.com/curtaobolo
ORKUT. O Bolo. Disponível no endereço: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=10719535624912354063
TWITTER. O Bolo. Disponível no endereço: http://twitter.com/curtaobolo

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.