fbpx

O Bom Cinema (2021)

Uma escola católica, um momento político conturbado e um grupo de cineastas transgressores. O longa-metragem O Bom Cinema cruza esses três elementos para contar a história do surgimento do Cinema Marginal, também conhecido como Cinema Pós-Novo, Cinema de Invenção ou Cinema Experimental Brasileiro.

O filme conduz o espectador a partir da criação da primeira escola superior de cinema de São Paulo, sob o olhar de um de seus alunos, o diretor Carlos Reichenbach. Através de livres conexões que misturam a memória de Reichenbach, seus filmes de início de carreira, as ideias de Rogério Sganzerla e a produção da Boca do Lixo no final dos anos 1960, o documentário nos ajuda a ter a dimensão de visões bastante opostas sobre a arte cinematográfica: uma, sustentada pela escola e que remonta a um curso ainda mais antigo, criado em Minas Gerais, de um cinema com padrão técnico elevado, que fosse moralmente edificante e condescendente aos dogmas pregados pelo catolicismo; outra, defendida pelo grupo do Cinema Marginal paulista, que abraçaria uma forma de fazer cinema indissociável da experiência da vida, que envolvesse baixos custos de produção e alta liberdade de experimentação formal.

Tratando de temas que ainda continuam a ecoar nos dias de hoje, O Bom Cinema é, em sua essência, um convite à valorização do cinema brasileiro e da autonomia da criação artística.

Dirigido por Eugênio Puppo, o documentário foi selecionado para a seção Films About Films do 22º BAFICI – Buenos Aires Festival Internacional de Cinema.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de O Bom Cinema (2021) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Eugênio Puppo
Produção: Eugênio Puppo
Empresa Produtora: Heco Produções

Brasil | Documentário | 2021

Bibliografia

Livros:

PUPPO, Eugênio (org.). Cinema Marginal Brasileiro: filmes produzidos nos anos 60 e 70. 2ª ed.. S. l.: Heco Produções, 2004.

Internet:

É TUDO VERDADE. O Bom Cinema. Disponível no endereço: http://etudoverdade.com.br/.
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. O Bom Cinema. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/o-bom-cinema/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “O Bom Cinema (2021)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.