fbpx

O Brasil em 80 minutos (1961)

Sinopse

FOTO O Brasil em 80 minutosO Brasil em 80 minutos é um documentário produzido em 1961 por Jean Manzon e que se divide em duas partes: a primeira é uma descrição da história recente do Brasil, da morte do Presidente Getúlio Vargas à eleição de Juscelino Kubitschek, incluindo a viagem de JK, antes da posse, pelos Estados Unidos e por vários países da Europa; a segunda parte é descrita como um canto ritmado do Brasil moderno.

Pontuadas por música instrumental, quase sempre samba, as imagens mostram o agitado Brasil de 1961, ano em que foi feito o filme. E o texto, poético, é de Paulo Mendes Campos. O documentário começa com sensacionais imagens aéreas da cidade do Rio de Janeiro, mostrando a Avenida Rio Branco, a Candelária, o Pão de Açúcar, o Morro da Viúva, ainda sem o Aterro do Flamengo, com os prédios quase tocando a água, o Jockey Clube, e o Maracanã.

O filme mostra ainda outras cenas pitorescas dos cariocas, como os bailes de Carnaval no Theatro Municipal, o desfile das escolas de samba e até um grupo de pessoas passeando a cavalo pelas margens da Lagoa Rodrigo de Freitas. Do Rio para São Paulo, já apinhada de prédios, e dali para o Brasil profundo. Dando vários saltos no tempo, há cenas de jangadas, plantações de café, canaviais, rebanhos, florestas, fábricas. A Amazônia, a extração de petróleo e até os soldados brasileiros embarcando para a Itália.

Ficha Técnica

Produção: Jean Manzon

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “O Brasil em 80 minutos (1961)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.