fbpx

O Conto do Vigário (1977)

Sinopse

POSTER O Conto do VigarioQuerendo beneficiar a filha, secretária-executiva de um hospital, e ao mesmo tempo aplicar um grande golpe, um contrabandista arma um plano de assalto ao hospital, no dia do pagamento dos funcionários. Na portaria do hospital, um membro da quadrilha, vestido de caipira, efetuaria a troca do dinheiro roubado por uma falsa encomenda. Para efetuar a troca, contaria com a ajuda do jovem médico, noivo da filha do contrabandista, que está mancomunado com eles no assalto. Não constava dos planos a inesperada chegada de um autêntico caipira, no mesmo dia do assalto, para uma visita a uma comadre que acabara de dar à luz. Carregando um frango, presente para a comadre, o caipira é barrado na portaria, colocando em risco o ardiloso plano.

Elenco

Amaral, Jeovah (Nhô Braz)
Lambertini, Lúcia
Carvalho, Dunga de
Montenegro, Arlete
Marcolongo, Clovis
Jacob, Alfredo
Mielli, Agildo
Mielli, Breno
Martins, Nilson
Ramos, Vidal
Bandeira, Joel
Beraldo, Mario Fernando
Maria, Nilza
Cruz, Maria Helena
Queiroz, Erli
Padre Wanderley
Freitas, Carmélia de
Nalva Aguiar
Barros de Alencar

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de O Conto do Vigário (1977) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Kleber Afonso
Argumento: Amaral, Jeovah
Roteiro: Afonso, Kleber
Direção de produção: Mineli, Agildo; Mineli, Breno
Assistência de produção: Martins, Nilson
Direção de fotografia: Robacio, Júlio; Attili, Giorgio; Fernandes, Eliseo
Assistência de câmera: Luiz; Rossi
Eletricista: Rafael; Fernandinho
Direção de som: Costa, Walter
Técnico de som: Costa, Walter
Montagem: Maximo Barro
Cenografia: Bovinho
Decoração: Bovinho
Maquiagem: Passos, Plinio; Adilson
Arranjos musicais: Zanolli, Adão
Música: Maximo Barro e Nhô Pai
Música-tema: Beijinho doce
Empresa Produtora:
Empresa Coprodutora: Parnaso Filmes Produção e Distribuição
Empresa Distribuidora: Paris Filmes Produção e Distribuição Cinematográfica Ltda.

Canção
Título: Menina que cresceu, A;
Autor da canção: Damito, T. e Cezar, C.;
Intérprete: Alencar, Barros de;

Título: Homens não devem chorar, Os;
Autor da canção: Zan, Mário e Palmeira;
Intérprete: Alencar, Barros de;

Título: Beijinho doce;
Autor da canção: Nhô Pai;
Intérprete: Irmãs Castro e Aguiar, Nalva;
Instrumentista: Marinoso, Zairo – solo de violão

Título: Linda natureza;
Autor da canção: Cuvello, S.;
Intérprete: Irmãos Aldreguetti;

Título: Amigos como antes;
Autor da canção: Totó;
Intérprete: Aguiar, Nalva;

Título: Canção do bem-te-vi
Autor da canção: Carvalho, G.
Intérprete: Os Trovadores

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
Guia de Filmes, 79
O Estado de S. Paulo, 13.05.1979

Livros:

. . : , .

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. O Conto do Vigário. http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/o-conto-do-vigario/

Observações:
Censura 16 anos.
Guia de Filmes 79 informa que o lançamento em São Paulo ocorreu a 14.05.1979.
As outras fontes grafam como .
Os letreiros do filme grafam e não como as outras fontes.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.