fbpx

O Fio da Memória (1991)

Sinopse

FOTO O Fio da MemoriaMosaico sobre a experiência negra no Brasil a partir da figura de Gabriel Joaquim dos Santos, trabalhador de uma mina de sal e artista popular semianalfabeto.

O filme procura condensar, em personagens e situações do presente, a experiência negra no Brasil, por meio de personagens e situações atuais baseadas em dois pólos: a cultura e o racismo. O retrata as criações do imaginário, sobretudo na religião e na música, e a realidade do racismo, responsável pela perda de identidade étnica e pela marginalização de boa parte dos cerca de 60 milhões de brasileiros de origem africana.

Assim, religião e música, além de problemas como perda de identidade étnica e marginalização são questões abordadas no filme de Eduardo Coutinho.

Elenco

Gabriel Joaquim dos Santos …. Ele Mesmo
Milton Gonçalves …. Narração
Ferreira Gullar …. Narração

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de O Fio da Memória (1991) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Eduardo Coutinho
Roteiro: Eduardo Coutinho
Assistência de direção: Sérgio Goldenberg
Produtores: Sônia Faerstein, Eduardo Escorel e Lauro Escorel Filho
Direção de Produção: Sônia Faerstein
Produção executiva: Eduardo Escorel e Lauro Escorel Filho
Assistência de produção: Karla Leal
Coordenação de produção: Sônia Faerstein
Direção de Fotografia: Adrian Cooper
Assistência de câmera: Cleumo Segond, Luís Abramo, Breno Silveira e Joaquim Torres de Oliveira
Fotografia de cena: Cleumo Segond
Trucagens: Movedoll
Fotografia adicional: Lauro Escorel Filho, Dib Lutfi e Breno Silveira
Eletricista: José Carlos da Silva Neto e Jacaré
Som direto: Cristiano Maciel e Jorge Saldanha
Mixagem: José Luiz Sasso
Som adicional: Heron Alencar e Toninho Muricy
Assistente de som: Ney Fernandes e Bruno Fernandes
Montagem: Gilberto Santeiro
Assistente de montagem: Paulo Pestana e Isabel Diegues
Montagem de som: Hercília Cardillo
Arranjos musicais: Gilberto Santeiro
Música Original: Tim Rescala
Motorista: Carlos Alberto Araújo de Souza, Alberto Carlos Soares de Araújo, Francisco Ferreira da Silva, José Gonçalves de Andrade, Benedito Miguel dos Santos, Dilkson Ferreira Babo e Wilson Wandermuren
Companhias Produtoras: Cinefilmes Ltda. | FUNARJ – Fundação de Artes do Estado do Rio de Janeiro
Companhia Co-produtora: TVE – Television Española S.A.
Companhias Produtoras Associadas: Channel 4 | La Sept | Tropicolor Inc. | E.C. Filmes | Embrafilme | Cinefilmes
Financimento/patrocínio: Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro

Dados adicionais de música
Instrumentista: Suzano, Marco – percussão; Negreiros, Carlos – percussão e voz; Santos, Paulo Sérgio – sax soparano; Carneiro, Josimar Gomes – violão; Rescala, Tim – teclados

Título da música: Adeus batucada;
Música de: Silva, Sinval;
Intérprete(s): Silva, Sinval;

Título da música: Homenagem;
Música de: Cachaça, Carlos;
Intérprete(s): Cachaça, Carlos;

Título da música: Partido alto;
Intérprete(s): Aniceto do Império;

Título da música: Segredo de tia Romana;
Intérprete(s): Aniceto do Império;

Título da música: Dora;
Intérprete(s): Aniceto do Império;

Título da música: Fugato da Missa de Requiem;
Música de: Garcia, Padre José Maurício Nunes
Intérprete(s): Quinteto Brasileiro de Metais;

Título da música: Cantos a Iemanjá;
Intérprete(s): Muriçoca;

Título da música: Ossaim;
Intérprete(s): Muriçoca;

Título da música: Toque Alujá
Intérprete(s): Muriçoca

Prêmios

Melhor Documentário Ibero Americano no Festival Cinematográfico Internacional de Montevideo, 10, 1992.
Margarida de Prata da CNBB, 1991 – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Rio de Janeiro, RJ.

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
CRJ/90-92
CB/BASE DOC
CNBB/OI

Fontes consultadas:

Internet:

CNBB. Disponível em: http://www.cnbb.br/site/imagens/arquivos/files_49b12ee5469cb.pdf. Acesso em: 29.06.2011.
JLS/site, acessado em 22.06.2007.

Observações:
CNBB/OI aponta 156 minutos de duração.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]