fbpx

O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes (2009)

Sinopse

O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes é a nova aventura do personagem criado por Walbercy Ribas. Neste segundo trabalho, Walbercy divide a direção com seu filho Rafael Ribas e parte corajosamente para a computação gráfica, seguindo a tendência mundial da animação. Um filme contemporâneo, que aborda temas da atualidade, com uma linguagem que ensina enquanto diverte.

Neste novo filme, o talentoso Grilo segue criando suas músicas, para a alegria dos habitantes da floresta. Mas a descoberta de fósseis de insetos gigantes acaba envolvendo-o em uma aventura inesperada, que o obriga a encarar diversos obstáculos, entre eles um grupo de louva-a-deus perigosos, comandados pela vilã Trambika. A trama ganha contornos mais urbanos do que no filme O Grilo Feliz, lançado em 2001, com a participação de um divertido grupo de sapos rappers, formado por Netão, Sinistro e Caradura, que pretende gravar um CD e sair do sufoco da favela. Mas um dos momentos mais surpreendentes do filme é o surgimento da Pétala, uma grilinha cantora que vai encantar a todos e ganhar o coração do Grilo.

Outra novidade deste novo longa metragem é a utilização de músicas brasileiras conhecidas do público como “Festa” (sucesso na voz de Ivete Sangalo) e “Amor Maior” (uma das músicas mais conhecidas da banda Jota Quest), que no filme é interpretada por Grilo e conta com a colaboração de Pétala, ilustrando um dos momentos mais importantes da história. Por outro lado, os raps cantados pelos sapos, sob o comando do Netão, dão ao filme uma dinâmica jovem e atual.

A mistura da experiência de Walbercy Ribas e da qualidade gráfica de seu trabalho somada à visão de juventude e ao talento de Rafael Ribas, à produção-executiva de Juliana Ribas e ao belo trabalho de Ruriá Duprat na condução da trilha sonora fazem de O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes um filme rico, que vai marcar o cinema de animação no Brasil.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes (2009) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Rafael Ribas e Walbercy Ribas
Roteiro: Walbercy Ribas
PRODUÇÃO Executiva: Juliana Ribas
Direção de Animação: Rafael Ribas
Direção de Fotografia: Rafael Ribas
Direção de Arte: Rafael Ribas
Música: Ruriá Duprat
Empresa Produtora: Start Anima
Empresa Distribuidora: Fox Film do Brasil

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/
STARTANIMA. O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes. Disponível no endereço: http://www.startanima.com.br/longa-metragens/o-grilo-feliz-e-os-insetos-gigantes-longa

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

2 comentários sobre “O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes (2009)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.