fbpx

O Homem do Sputnik (1959)

O casal de caipiras comerciantes de ovos, Anastácio e Cleci, são surpreendidos por um estrondo em seu galinheiro. Anastácio encontra entre suas galinhas um globo metálico. No dia seguinte, Cleci lê no jornal sobre o acidente com o satélite russo Sputnik e reconhece na fotografia um objeto semelhante ao que caiu em seu quintal. Anastácio leva o globo à casa de penhores e mostra-o para a funcionária Dorinha. Ela liga para o jornal onde trabalha seu namorado, Nelson, e lhe conta o fato. Alberto, jornalista inescrupuloso, ouve a conversa entre o casal e conta a novidade ao chefe do jornal. Nelson vai ao encontro de Anastácio e pede a ele que esconda o objeto. Anastácio coloca-o dentro do poço. A notícia de que o Sputnik caiu no Brasil vira primeira página dos jornais. Anastácio e Clecy se transformam em celebridades. Hospedam-se no Copacabana Palace, onde recebem propostas de grupos de russos, americanos e franceses que tentam seduzir Anastácio, apresentando-lhe a cantora francesa Bebe. Os interesses desmedidos dos estrangeiros pelo satélite levam os dois à loucura. Anastácio é raptado pelos franceses e Nelson pelos americanos. Fogem e voltam para a casa de Anastácio. Russos, americanos e franceses os seguem, disputando o valioso troféu, que ninguém sabe onde está. Anastácio revela o local onde o Sputnik se encontra e todos se alvoroçam. Não encontram nada no poço. Ao passar pelo local, o sacristão diz que pegou o Sputnik e transformou-o em pára-raios para a igreja. Os agentes estrangeiros partem decepcionados e Anastécio Cleci voltam para casa, mas se deparam com o verdadeiro Sputnik que acabara de cair no galinheiro.

Elenco

Oscarito …. Anastácio
Cyll Farney …. Nelson e Jacinto Pouchard
Zezé Macedo …. Cleci
Norma Bengell …. Bebe
Neide Aparecida …. Dorinha
Perez, Alberto (Alberto jornalista)
Helena, Heloísa (Dondoca)
Ferreira, Hamilton (chefe dos espiões soviéticos)
Soares, Joe (espião americano)
Gamboa, Geraldo
Labanca, João
Cristian, Diego
Tozzi, Luiz Gilberto (monsieur Ping Pong)
Viola, César
Braga, Ernesto
Montemar, Nestor
Nascimento, Abdias do (Pacheco)
Pêra, Abel
Fregolente
Grijó Sobrinho (monsieur Rififi)
Gomes, Hilton
Pozzolli, Joméri
Galano, Laura
Acyr, Maria
Grey, Denys
Blanche, Riva
Roberto, Sergio
Tutuca

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de O Homem do Sputnik que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Carlos Manga
Argumento: José Cajado Filho
Roteiro: José Cajado Filho
Assistência de direção: Cherques, Sanin
Assistência de continuidade: Lester, Arlete
Produção: Cyll Farney
Direção de produção: Costa, Abel Teixeira e Cyll Farney
Direção de fotografia: Sermet, Ozen
Assistência de câmera: Araújo, José Assis
Cinegrafista: Gonçalves, Antônio
Eletricista: Neves, Victor
Figurinos: Aelson
Cenografia: José Cajado Filho
Contra-regra/acessórios de cenografia: Silva, Vinicius
Montagem de cenário: Monteiro, Wilson; Macedo, Benedito
Maquiagem: Carias, Paulo; Campesatto, Raymundo
Costureira: Santos, Euracy
Técnico de som: Vianna, Aloysio
Sonografia: Vianna, Aloysio
Operador de microfone: Eurides, Paulo
Montagem: Noya, Waldemar
Edição: Noya, Waldemar
Música: Gnatalli, Radamés
Trilha musical: Gnatalli, Radamés
Empresa Produtora: Atlântida Empresa Cinematográfica do Brasil S.A.
Distribuidora: U.C.B. – União Cinematográfica Brasileira S.A.

Brasil | Comédia | 35mm | BP | 97 min.53seg. | 2.770m | 24q | Eastman | 1:1’66

Dados adicionais de música
Regente Maestro: Gnatalli, Alexandre

Orquestração: Gnatalli, Alexandre

Canção
Título: Mademoiselle Bebé
Autor da canção: Marnet, Bruno

Prêmios

Prêmio Associação Brasileira dos Cronistas Cinematográficos, 1959 de Melhor Atriz Secundária para Norma Bengell.
Prêmio de Melhor Diretor e Melhor Argumento para Carlos Manga, no 7º Festival do Distrito Federal, 1959, GB.

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-cat
CB/Anuário, P.2/47-49
CB/FIBRA
SA/EMP
CENS/I
Programadora Brasil/5
Certificado de Censura Federal
Site, Década de 50, disponível em: http://decadade50.blogspot.com/2006/09/o-homem-do-sputnik-o-ltimo-suspiro-da.html, acesso em 15.07.2010
CA/AF

Fontes consultadas:
AV/ICB
ACPJ/I
ALSN/DFB-LM

Livros:

MARINHO, Flávio. Oscarito: o Riso e o Siso. Rio de Janeiro: Record, 2007.
MEIRELLES, William Reis. Parodia e Chanchada: imagens do Brasil na cultura das classes populares. Londrina: EDUEL, 2005.
RAMOS, Fernão Pessoa (org.). História do cinema brasileiro. São Paulo: Art Editora, 1981.
_________; MIRANDA, Luiz Felipe A. de. (Org.). Enciclopédia do cinema brasileiro. São Paulo: Senac São Paulo, 2000.
SILVA NETO, Antônio Leão da. Dicionário de Filmes Brasileiros: longa-metragem. São Paulo, Ed. do Autor, 2002.

Internet:

ANCINE. Disponível em: http://sad.ancine.gov.br/obrasnaopublicitarias/pesquisarCpbViaPortal/pesquisarCpbViaPortal.seam. Acesso em: 22.01.18.
http://www.ancine.gov.br/ – Agência Nacional do Cinema – Brasil
http://www.cinemateca.org.br/ – Cinemateca Brasileira – Brasil
http://www.cinemabrasileiro.net – Cinema Brasileiro – Brasil
http://www.cinemateca.gov.br – Cinemateca Brasileira – Brasil
http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br – História do Cinema Brasileiro – Brasil

Observações:
ACPJ/I acrescenta: Arlete Lester como anotadora e grafa a canção Mademoiselle B.B., de Bruno Marnet. No elenco: Laura Galeno (ao invés de Laura Galano) e inclui . Indica João Labanca como Angelo Labanca.
CB/Recorte Documentação, P.2/47-49 confirma Luiz Gilberto Tozzi, no papel de Monsieur Ping Pong.
CENS/I informa censura em 14.05.1964, 20 cópias, 117m, trailer.
Programadora Brasil/5 informa que a obra participa do Programa 191, intitulado O Homem do Sputnik. A mesma fonte informa que na época da realização do filme, o famoso satélie russo Sputnik estava em órbita e havia mesmo uma ameaça de que ele viesse a cair sobre a terra.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.