fbpx

O Monstro do Rio Paraibuna

História do professor de biologia Francisco Guimarães, que investiga sobre misteriosas capivaras mutantes, fazendo-lhe alertar sobre uma pandemia e a população local o considera louco. Então ele conhece Bruno, um pescador vítima de uma capivara zumbi. O professor confronta o monstro no mesmo local em que Bruno foi atacado. Escapa por um triz, correndo a esmo pela mata. Ao mesmo tempo, a repórter Beatriz Lobo descobre a verdade por trás do desastre das capivaras e começa sua jornada à procura de Guimarães. O professor se esconde em uma casa e descobre que seus moradores foram mortos.

Guimarães procura refúgio ou meios de se comunicar na casa onde é atacado por uma horda de capivaras zumbis. Ele tenta buscar ajuda da polícia, que ignora seu alarme. Em um momento de distração dos policiais, Guimarães liberta Bruno que tinha sido preso como “louco” e rouba algumas armas da delegacia.

Beatriz chega na delegacia procurando o paradeiro de Guimarães. Ela recebe uma pista de que eles estão a caminho da usina. A cidade é atacada por capivaras zumbis enquanto Bruno e Guimarães chegam na usina para fechar o registro de bentonita.

Esta foi uma co-produção de Leonardo Filmmaker e da Universidade Federal de Juiz de Fora que fomentou a produção desta obra de ficção científica por diversos de seus setores como o Instituto de Artes e Design (incluindo além do Curso de Cinema e Audiovisual, também o Ateliê de Moda durante a confecção dos figurinos dos monstros, o Estúdio Almeida Flemming pelo empréstimo de equipamentos de imagem e som; bem como o Cineclube Movimento do IAD pela extensão cinematográfica), a Pró-Reitoria de Cultura pela bolsa de iniciação artística oferecida para o projeto através de edital, a Faculdade de Ciências Contábeis, de Engenharia, o Museu Murilo Mendes e o Fórum da Cultura e o Almoxarifado Central pelo empréstimo de locações, além de outras instituições que contribuíram para a realização do projeto, como é o caso do Centro Cultural Bernardo Mascarenhas, do Espaço Excalibur, da Usina de Marmelos pela cessão de locais para produzir.

Elenco

Paulo Moraes
Eustáquio Júnior
Rafaella Bertelli
Márcia Mello
Mário Galvani
Marcos Rocha
Domingos Netto
Jonathan Gomes Claudino
Anderson Ferigate
Bruno Goliath
Leandro de Carvalho Pereira
Lizandra Ramos Rufino
Marcus Vinícius Pires Campos
Paulo Lessa Campelo
Pedro Furtado Sobreira
Rafhael Sartini Almeida Lima
Sandra Sato
Júlia Amorim Mafaldo
Luana S. de Jesus
José de Oliveira
Eveline de Andrade Faria
Eveline de Andrade Faria
Wanderson Dias
Maicon Amaral Guimarães
Paula Maciel
Mourão de Alencar
Inêz Cristhina Assis Marcelino
Ricardo B.
Patrick Leal Gandra
Andréa Cristina Valle Coelho
Caio Valle Bertante
José S. R.
Luciene Diniz Moreira
Edinilson Moreira Ferreira
Dircinea Maria da Silva Pinto
Maria Gabriela da Silva Pinto
Izabella Luiza Silva
Luiza de Oliveira Horta
Marcelo Augusto C.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de O Monstro do Rio Paraibuna que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Leonardo Amorim e Felipe Fontenelle
Roteiro: Leonardo Amorim e Felipe Fontenelle
Assistentes de Direção: Gabriela Angélique e Ramsés Albertoni
Coordenação de Produção: Marina Abud
Produção de Elenco: Paulo Moraes
Direção de Fotografia: Fernando Itaborahy
Direção de Arte: Laura Helena Amorim
Assistente de Arte: Victor Alex
Direção de Som: Renan Barizon
Assistente de Som: Luan Baptista
Montagem: Leonardo Amorim e Giovani Viruez
Efeitos Visuais: Jean Muller
Motorista: Márcio Costa de Amorim

Brasil | cor | Full HD | 16:9 | 2021

Música:
Contagion por Scott Buckley – lançado sob CC BY 4.0

Bibliografia

Internet:

BLACK, Julio. Capivaras mutantes tocam o terror em ‘O monstro do Rio Paraibuna’. Disponível no endereço: https://tribunademinas.com.br/noticias/cultura/23-05-2021/capivaras-mutantes-tocam-o-terror-em-o-monstro-do-rio-paraibuna.html. Acesso em: 23 maio 2021.
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. O Monstro do Rio Paraibuna. Disponível no endereço: https://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/o-monstro-do-rio-paraibuna/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.