fbpx

O pulso (1997)

Sinopse

Um rapaz caminha numa rua do centro da cidade quando, sem qualquer razão aparente, cai, morto para sempre. Não há mais vida. Existem, porém, sentimentos.

O filme foi produzido com patrocínio do Fumproarte e com recursos do Concurso Anual de Curtas-Metragens 1996, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Secretaria de Estado da Cultura e apoio do BRDE.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de O Pulso (1997) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: José Pedro Goulart
Argumento: José Pedro Goulart e Werner Schünemann
Roteiro: José Pedro Goulart e Werner Schünemann
1° Assistente de Direção: Daniel Merel
2° Assistente de Direção: Rodrigo Portela
Continuidade: Mariana Castilhos
Produção Executiva: Annette Bittencourt e Everson Colossi Nunes (Gringo)
Direção de Produção: Liliana Sulzbach
Produção de Locações: Daniel Accampora
Secretária de Produção: Cris Lescano
Estagiário de Produção: Alberto Pietro Bigatti
Direção de Fotografia: Marcelo Dürst
1° Assistente de Câmera: Daniel Duran
2° Assistente de Câmera: Juliano Lopes Fortes
Still: Carlos Gerbase
Making of: Cláudio Gzelchak Jr. e Cláudio Martins Veríssimo
Eletricistas: Zé da Grua e Deloir Antônio Rodrigues
Direção de Arte: Fiapo Barth
Produção de Platô: Sandro Dreher
Produção de Set: Marcelo Brum e Breno Rizzon Filho
Assistentes de Produção: Márcio da Rosa Schoenardie e Fernando Bertoluci
Produção de Arte: Pierre Olivè
Assistente de Produção de Arte: Rafael Duarte (Sapo)
Cenotécnico: Claudio Costa
Assistentes de Cenografia: Valdir Santos, André Costa e Maurinho
Caracterização e Maquiagem: Westerley Dornellas
Maquiagem: Luis Carlos Jamonot
Produção de Figurino: Stella Pellissari
Assistente de Figurino: Alessandra Nogueira da Rosa
Montagem: Luis Alberto Kid
Assistente de Montagem: Graça Teixeira
Técnico de Som Direto: Cleber Neutzling
Microfonistas: Jeferson Martins e Olívio Coelho
Edição de Ruídos e Efeitos Sonoros: Roberto Ferraz (Cuco’s Cine e Video)
Edição de Som Direto e Música: Miriam Biderman (Effects Filmes)
Edição de Ruídos de Sala: Antônio Cezar (Delart Estudio Cinematográfico)
Técnico de Gravação da Música: Glauco Minossi (Tec Audio Gravações)
Técnico de Mixagem da Música: Ignácio Sodré (Dr. Dd. Eletromúsica)
Mixagem: Tony Jenkins (Serafine Studios)
Produção de Elenco: Cynthia Caprara
Agente da atriz Leticia Spiller: Zeca Vitorino
Alimentação: Adalberto Vieira Nery
Motoristas: Carlos Roberto Silva, Daniel Pereira Cartana, José Augusto Ribas, Juarez Pereira Ribeiro, Luciano Pires e Roberto Prates
Música: Leo Henkin

Colaboradores Especiais: Ângela Pires, Mauro Dorfman e Vitor Knijnik
Músicos: Ernesto Fagundes (Voz), Hique Gomes (Violino), Rodrigo Alquati (Cello) e Totonho Villeroy (Voz)

Música “Chora Chantagista”
de José Pedro Goulart e Leo Henkin. Interpretação: Chico Ferreti.
Os textos que compõem a cena do papeleiro foram extraídos do livro “Sonhos de Einstein” de Alan Lightman.
Citação do poema “Crime” de Gregory Corso
A Letra da música dos créditos finais foi extraída do poema “Danse Macabre” do livro “Les Fleurs du Mal” de Charles Baudelaire

Agradecimentos
Ana Cristina Moura
Arnoni Lenz
Diego de Godoy
Nadya Mendes
Rodrigo Pesavento
Sérgio Madureira
A. Galia
Coordenação de Apoio Técnico e Administrativo da SMS (Posto IAPI/ Posto Cruzeiro do Sul/ Posto Santa Marta)
Cirúrgica Gaúcha
Consupel Sul Ltda.
Central de Equipamentos
Demolidora Ribeiro
Escola de Armas Magaldi
Famil Sistema de Controle Ambiental
Happy Man
Importadora Química Delaware Ltda.
Linha Médica
Lojão do Zambiasi
Metalúrgica Resmini Ltda.
Museu Anchieta
Oxisul Gás e Equipamentos
Pandox Ltda.
Pé da Múmia
RCC Engenharia de Incêndio
Refrigeração Continental
Sul Brasileira de Raios X Ltda.

Agradecimentos Especiais
Cia. Zaffari Comércio e Indústria
Dez Propaganda
Dudu Marote (Dr. Dd. Eletromúsica)
Kodak
Paulo Sérgio Guedes
Plug
Quanta Porto Alegre
Spa Centro
VARIG

Bibliografia

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

3 comentários sobre “O pulso (1997)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.