fbpx

O Santo e a Vedete (1982)

Sinopse

FOTO O Santo e a VedetePaulo Cunha Melo Chupadinha, político e patrão, vive com sua mulher Lalá e seus filhos – um rapaz de 16 anos e uma moça de 17 – na interiorana cidade de Santa Rita da Paz. Durante o carnaval, enquanto a esposa entra em retiro espiritual num convento, ele vai para o Rio de Janeiro, onde se apaixona por uma vedete. De volta à cidade, retoma suas atividades, dirigindo a empresa da esposa. Chega, então, a vedete, para montar um espetáculo de revista no teatro local. Ela procura Paulo e pede-lhe que use sua influência para ajudá-la a obter permissão de se apresentar, e ele explica que será necessário convencer o padre, o prefeito e o delegado de polícia. A vedete consegue persuadí-los, mas Lalá intervém e, como dona de praticamente todos os bens de produção da cidade, censura o espetáculo. A vedete não se dá por vencida, e mostra a Lalá fotos comprometedoras de Paulo no Rio de Janeiro,conseguindo.

Com Lutero Luís, Adriana de Figueiredo, Paula Nestorov, Renato Coutinho, Nelson Dantas, Mara Aché, Charles Peixoto, Wilson Grey e Telma Reston.

Elenco

Lutero Luís
Adriana de Figueiredo
Paula Nestorov
Renato Coutinho
Nelson Dantas
Mara Aché
Charles Peixoto
Wilson Grey
Telma Reston

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de O Santo e a Vedete (1982) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Bibliografia

Internet:

.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.