fbpx

O Som do Tempo (2010)

O sertão está em toda parte, o sertão é dentro da gente.Guimarães Rosa. O concreto avança contra dona Maria, mas ela segue em frente, com toda calma do mundo.

O Som do Tempo revela a história de uma cearense e seu estilo de vida sertanejo: casinha simples, quintal com árvores – tudo em plena Capital. “A casa dela é totalmente cercada de prédios. É a resistência da vida sertaneja apesar de toda a dificuldade e da especulação imobiliária”, detalha o cineasta.

No papel, o curta deveria ter sido feito para a Internet. Com seis filmes no currículo (este é o sétimo, além do longa O Grão), Petrus Cariry acabou pensando na tela grande desde o início. “Mas funciona na telinha também. O resultado foi bem interessante. É um filme muito sensorial, que tem um trabalho de som, a sinfonia da cidade”.

O Som do Tempo circulou por cerca de 40 festivais e foi premiado em metade deles. “No Cine PE, estou mais interessado que as pessoas vejam em Recife. O filme já teve sua premiação, já está no final da carreira dele. Não estou mais inscrevendo em festivais, porque estou finalizando outro longa, Mãe e Filha”.

O Som do Tempo teve o Patrocínio do Edital Itaú Rumos Cultural e foi filmado com uma Canon 7D e lentes Zeiss.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de O Som do Tempo (2010) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Petrus Cariry
Roteiro: Petrus Cariry
Direção de produção: Teta Maia
Direção de Fotografia: Petrus Cariry
Trilha Sonora: Hérlon Robson
Montagem: Firmino Holanda e Petrus Cariry
Mixagem e desenho de som: Érico Paiva (Sapão)
Produção Executiva: Bárbara Cariry
Transfer to film: Tunnel Post (EUA)

Dolby SR – 35mm – 10 minutos – Brasil – 2010

Prêmios

Melhor Curta Experimental – Festival de Cinema do Júri Popular 2011
Prêmio Margarida de Prata 2010 (CNBB) – Melhor Curta-Metragem (SP)
Melhor Filme (Júri Popular) – 12 Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte (MG)
Melhor Documentário – CineFest Votorantim (SP)
Melhor Curta – Festival Curta Carajás 2010
Melhor Filme – IV Cinema Mundo – Fest. Internacional de Itu (SP)
Melhor Direção – IV Cinema Mundo – Fest. Internacional de Itu (SP)
Melhor Fotografia – IV Cinema Mundo – Fest. Internacional de Itu (SP)
Prêmio CTAV – IV Cinema Mundo – Fest. Internacional de Itu (SP)
Melhor Documentário – Festival Manuel Padeiro de Cinema e Animação (RS)
Melhor Direção – Festival Manuel Padeiro de Cinema e Animação (RS)
Melhor Fotografia – Festival Manuel Padeiro de Cinema e Animação (RS)
Melhor Montagem – Festival Manuel Padeiro de Cinema e Animação (RS)
Melhor Trilha Sonora – Festival Manuel Padeiro de Cinema e Animação (RS)
Prêmio Tempo Glauber de Melhor Direção – I Noite Contemporânea Fest (RJ)
Menção Honrosa – II Festival Latino Americano de Cinema – Curta Neblina (SP)
Menção Honrosa (Júri Jovem) – Festival Internacional de Curtas do Rio de janeiro – Curta Cinema 2010 (RJ)
Prêmio de Melhor Documentário – III Curta Taquary / Festival de Cinema e Vídeo de Taquary (PE)
Prêmio de Melhor Direção – III Curta Taquary / Festival de Cinema e Vídeo de Taquary (PE)
Prêmio de Melhor Montagem – III Curta Taquary / Festival de Cinema e Vídeo de Taquary (PE)
Menção Honrosa – Festival Visões Periféricas 2010 (RJ)
Menção Honrosa – Festival Internacional Lume de Cinema
Melhor Edição de Som – 5º Cine Música – Festival de Cinema de Conservatória
2º Lugar – 22º Mostra de Cinema e Vídeo de Santo André

FESTIVAIS:

International Short Film Festival of Drama (Grécia)
Al Jazeera Documentary Film Festiva 2011
X FICA – Festival internacional de Cinema Ambiental
Festival Cine PE 2011
20° Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema
21° Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo
Festival Internacional de Curtas-Metragens de Rio de Janeiro 2010
III Janela Internacional de Cinema do Recife
Festival Internacional de Curtas de BH 2010 – (Mostra de Documentários)
1° Noite Contemporânea Cine-Fest
7° Festival Santa Maria Cinema e Vídeo
5° Comunicurtas – Festival do Audiovisual de Campina Grande
Mosca 2010 – Mostra do Audiovisual de Cambuquira
3ª Mostra Outros Cinemas
III Curta Taquary – Festival de Cinema e Vídeo de Taquary (PE)

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. O Som do Tempo. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/o-som-do-tempo/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

2 comentários sobre “O Som do Tempo (2010)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.