fbpx

O Trem da Utopia

O que os filhos e netos dos imigrantes italianos sabem sobre o lugar de onde seus avós estavam saindo? O que o Brasil atual pode aprender com a Itália do Fascismo e da Unidade?

A dignidade é um bom motivo para lutar, resistir ou ir embora?

Estas são as principais questões que este filme tenta responder fazendo uma viagem a um lugar que não existe, para descobrir uma Itália revelada a um brasileiro que está tentando tirar a cidadania italiana, até porque no final é a pátria do pai dele.

“Procuro um país inocente”, disse Giuseppe Ungaretti, e assim investigamos as memórias adulteradas de países (Itália e Brasil) que ainda não terminaram de lidar com o próprio passado recente.

No final deste filme encontramos algumas mulheres e homens que conseguiram permanecer humanos neste mundo; e descobrimos que a dignidade é também algo pelo qual morrer. E isso é o suficiente para nós.

Elenco

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de O Trem da Utopia que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Beth Sá Freire e Fabrizio Mambro
Empresa Produtora: Superfilmes

Brasil | Documentário | cor/pb | min. |

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. O Trem da Utopia. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br//
SUPERFILMES. O Trem da Utopia. Disponível no endereço: http://www.superfilmes.com.br/v2/filme.php?i=1&c=222

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.