fbpx

Ódio (1977)

Sinopse

O advogado Roberto, após assistir o massacre de seus pais, de sua irmã pequena e da empregada por quatro assaltantes – Nestor, Geraldão, Souza e Carvão – vê ruir na prática a tese que defendia de que não existem criminosos e sim crimes. Obcecado pelo ódio e o desejo de vingança, abandona a carreira e afasta-se de Clarisse, sua noiva, para se entregar inteiramente à perseguição dos criminosos. Sucessivamente, provoca a morte de cada um deles, terminando por matar ele próprio o líder do grupo, Nestor. Em meio a tanta violência, Roberto recorre a Clarisse, que o recolhe e ampara. Mas a própria violência que combatia acaba por contaminá-lo. E, dividido num impasse entre a dor de uma vida destruída e o sonho de uma vida a construir, Roberto empunha a arma contra si mesmo, numa tentativa de suicídio.

Elenco

Carlo Mossy (Roberto)
Atila Iório (Geraldão)
Barroso, Jotta (Souza)
Faria, Celso (Nestor)
Almeida, Ivan de (Carvão)
Freire, Fátima (Clarisse)
Barcellos, Jayme (Mario)
Reski, Fernando (Vanuza)
Magna, Licia (Aracy)
Vani, Lidia (Jandira)
Lombardi, Ana Paula (Lurdinha)
Simões, Cléia (Almerinda)
Machado, Eduardo (Médico)
Dantas, Francisco (Advogado)
Guterres, Sergio (Toninho)
Maia, Waldir (Carne Seca)
Helena, Heloísa (Rosa)
José, Fernando (Apresentador boate)
Maralisi (Diva)
Stein, Iara
Estelita Bell …. Nair
Ney Costa …. Mentirinha
Wilson Grey

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Ódio (1977) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Carlo Mossy
Argumento: Valle, Talita
Roteiro e Adaptação: Carlo Mossy; Cherques, Sanin e Ismar Porto
Assistência de direção: Cherques, Sanin
Continuidade: Feijó, Zelia
Produção: Carlo Mossy
Direção de produção: Fernandes, Cristina
Produção executiva: Goldszal, Bernardo
Assistência de produção: Duque, Antonio; Coelho, Olimpio
Gerente de produção: Fernandes, Cristina
Direção de fotografia: Medeiros, José
Assistência de fotografia: Brito, Antonio
Fotografia de cena: Palma, Rui Adelino de
Trucagens: Movedoll
Eletricista: Tolentino, Geraldo; Guimarães, Geraldo; Simões, Carlos
Direção de som: Dagoberto, Juarez
Montagem: Ismar Porto
Guarda-roupa: Souza, Alice de
Contra-regra/acessórios de cenografia: Dias, Delanir; Barros, João
Maquiagem: Pacheco, Antonio
Companhia(s) produtora(s): Vydia Produções Cinematográficas
Companhia(s) co-produtora(s): Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes
Companhia(s) distribuidora(s): Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
CB/FIBRA
Guia de Filmes, 70
Press-release
O Estado de S. Paulo, 08.07.1979

Fontes consultadas:
ACPJ/II
ALSN/DFB-LM

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Ódio. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/odio/

Observações:
Guia de Filmes 70 indica: censura 18 anos.
ACPJ/II aponta como título
(assim como ALSN/DFB-LM) e como sub-título . Acrescenta ainda argumento baseado em , e no elenco e .
Os créditos grafam: e não ; e não ; e não . Informam: companhia co-produtora: e minutagem 105min; outras fontes: 130min.
Não há nos créditos o nome mas apenas (elenco).

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.