fbpx

Olinda Muniz Wanderley

Olinda Muniz Silva Wanderley, em arte também conhecida como Olinda Muniz Wanderley, é uma cineasta indígena, jornalista e produtora de conteúdo audiovisual e fonográfico brasileira. Graduou-se em 2015, quando apresentou seu documentário Retomar para Existir, que retrata a vida de lutas e retomadas do seu povo indígena, pela visão e vida de um de seus líderes, o Cacique Nailton Pataxó.

Ingressou na faculdade em 2012, no curso de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo. No mesmo ano, deu início ao seu primeiro blog pessoal, onde foi redatora e editora do Blog de Yawar Tupinamba, tendo sido criado com o objetivo de divulgar, e denunciar o sofrimento que o Povo Pataxó Hã-hã-hãe estava vivendo nas áreas de retomada.

Em 2012, trabalhou como assistente de produção no filme Je suis L’engrais de ma terre, dirigido e produzido por Luis Miranda (Paris), em coprodução com a ANAI (Salvador de Bahia)

Em 2016, iniciou o blog Pau Brasil Noticias onde trabalhou como redatora e editora, blog de caráter jornalístico com o intuito de informar e dar visibilidade ao meio ambiente, politica, cultura, entretenimento, e notícias de utilidade pública.

Em 2017, começou a trabalhar com produção local, e assistente de produção no filme Uma Mulher, Uma Aldeia, produzido pela INSPIRAR- Ideias e Ideais. No mesmo ano, participou da 6ª edição Cine Kurumin – Festival de Cinema Indígena, exibindo o filme Retomar para Existir. Além de trabalhar como geradora de conteúdo do festival para redes sociais durante o evento.

Em 2018, produziu meu primeiro longa metragem, Mulheres que Alimentam

Em 2020, lançou seu primeiro filme ficção/documentário, Kaapora – O Chamado das Matas.

Atua como defensora de seu povo há muitos anos e parte desta atuação se retrata em seu trabalho profissional como cineasta. Presidiu a ONG Socioambiental Uruçu. Desde 2018, trabalha no Projeto Kaapora como gestora do mesmo.

Como produtora independente e empreendedora, abriu sua própria empresa, a Yawar Produtora de Audiovisual e Jornalismo, com a qual produz seus projetos e presta serviços de comunicação.

Filmografia

:: Filmografia como Diretora ::

2020 :: Kaapora – O Chamado das Matas
2015 :: Retomar para Existir

:: Filmografia como Assistente de Produção ::

:: Uma Mulher, Uma Aldeia
2012 :: Je suis L’engrais de ma terre (França/Brasil)

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Olinda Muniz Wanderley. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/olinda-muniz-wanderley/
YAWAR. Disponível no endereço: https://yawar.com.br/sobre/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Olinda Muniz Wanderley

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.