fbpx

Os Bandeirantes (1960)

Sinopse

Dois aventureiros franceses procuram pedras preciosas na Amazônia. Um encontra um diamante mas o outro apodera-se dele. Inicia-se aí uma perseguição, desde a rota dos contrabandistas no norte do país, passando pelo nordeste e chegando em Brasília, após uma série de aventuras e romance.

Co-produção internacional entre Brasil, Itália e França, o filme é dirigido por Marcel Camus.

Elenco

Loyer, Raymond (Jean Morin)
Espírito Santo, Almiro (Beija-flor)
Anderson, Elga (Elga)
Garcia, Lea (Hermínia)
Reich, John (Curd)
Oliveira, Lourdes de (Suzana)
Freire, Edgar
Marinho, Afonso
Costa, Jackson

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Os Bandeirantes (1960) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Marcel Camus
Assistência de direção: Mazoyer, Robert; Andrade, Bartholomeu de
Argumento: Viot, Jacques e Marcel Camus
Roteiro: Sapin, Louis
Diálogos: Braga, Rubem
Adaptação: Marcel Camus e Viot, Jacques
Produção: Jean Manzon
Co-produção: Froment, Raymond
Assistência de produção: Mazoyer, Robert
Gerente de produção: Guibault, Jacques
Direção de fotografia: Grignon, Marcel
Câmera: Lemoigne, Raymond
Direção de som: Bretagne, Jean de
Montagem: Feix, Andrée
Assistente de montagem: Charbonneau, C.
Música: Crolla, Henri; Toledo, José
Companhias Produtoras: Atlântida Empresa Cinematográfica do Brasil S.A. | Terra Filmes | Jean Manzon Films | Cinetel | Silver Filmes
Companhias Co-produtoras: Societé Nouvelle des Films Cormoran | Cité Films | C.I.C.C. | Titanus
Companhia Distribuidora: U.C.B. – União Cinematográfica Brasileira S.A.

Canção
Título: Bumba Meu Boi;
Regente: Vanin, Nello;

Título: Canção dos Jangadeiros;
Regente: Vanin, Nello;

Título: Isto Aqui Não Está Bom;
Regente: Vanin, Nello;

Título: Na Bahia Também Tem;
Regente: Vanin, Nello;

Título: Pelo Amor de Amar;
Regente: Vanin, Nello;

Título: Vai, Agora Vai;
Regente: Vanin, Nello;

Título: Dança do Coco
Regente: Vanin, Nello

Locação: Manaus – AM; Belém – PA; Fortaleza – CE; Salvador – BA; Brasília – DF; Rio Branco – AC

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/os-bandeirantes/

Fontes utilizadas:
FCB/FF
A Tarde, 06.12.1960
O Dia, 02.04.1961
CENS/I
JN/Imigrantes – Franceses II
A Gazeta, 02.10.1959
Folha de S. Paulo, 27.09.1961
Press-release
IMDB/site

Fontes consultadas:
ACPJ/I
CB/Recorte Documentação, P. 19-20
ALSN/DFB-LM

Observações:
JN/Imigrantes – Franceses II comenta que apesar do fio da história, com intérpretes, apresentava todas as características de um documentário.
ACPJ/I acrescenta: cenografia de Carmelio Cruz.
CB/Recorte Documentação informa sobre uma exibição em Paris em meados de 1960, nos cines Marignan e François.
IMDB/site aponta: roteiro de Marcel Camus e duração de 109min.
Press-release apresenta co-produção de Jean Manzon Films; Terra Film; Cinetel; Silver Films; Société Nouvelle des Films Cormoran; Cité Films; C.I.C.C. – Paris e Titanus Filmes – Roma.
ALSN/DFB-LM informa: cenografia Marcel Camus.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.