fbpx

Os Bravos Nunca se Calam (2019)

Teaser

Sinopse

Dois irmãos distantes se unem para investigar o possível assassinato de seu pai, que estava às vésperas de lançar um livro conspiratório. Eles partem para uma atrapalhada jornada na busca por restaurar a honra da família… Ou algo do tipo.

O longa é dirigido por Marcio Schoenardie e é o primeiro longa-metragem produzido pela Verte Filmes, que também já produziu diversas séries de TV, como Werner e Os Mortos, Necrópolis e a ainda inédita O Complexo. O roteiro é assinado por Tiago Rezende, Gabriel Faccini e Tomás Fleck.

Os Bravos Nunca Se Calam foi selecionado para representar o Rio Grande do Sul, na Mostra Território Brasil, do 52° Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, sendo exibido ao público, pela primeira vez, no dia 25 de novembro de 2019, no Museu Nacional da República.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Os Bravos Nunca se Calam (2019) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Marcio Schoenardie
Roteiro: Tiago Rezende, Gabriel Faccini e Tomás Flecks
Produção Executiva: Clarissa Milford e Isadora Pillar
Empresa Produtora: Verte Filmes
Distribuidora: Lança Filmes

Bibliografia

Internet:

JORNAL DE BRASÍLIA. ‘Os Bravos Nunca se Calam’ será exibido, pela primeira vez, no Festival de Cinema de Brasília. Disponível no endereço: https://jornaldebrasilia.com.br/clica-brasilia/cinema-clica-brasilia/os-bravos-nunca-se-calam-sera-exibido-pela-primeira-vez-no-festival-de-cinema-de-brasilia/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.