fbpx

Os Devassos (1972)

Sinopse

POSTER Os DevassosUm professor universitário, em conflito com um mundo agressivo e com o desespero de uma mulher que se envolve com ele, foge para um motel do interior, perseguido pela polícia. Sua chegada irá representar um choque inevitável entre sua racionalidade e o primitivismo do mundo de Jorjão, proprietário do motel e sua amante Rosenda.

Envolvido numa situação misteriosa e procurado pela polícia, se esconde num pequeno hotel pobre de beira de praia entre Paraty e Angra dos Reis. O hotel é de propriedade de Jorjão, homem integrado na vida da Natureza, voluntariamente desligado do mundo meoderno, intuitivo, alcoólatra e libertino, que tolera as fugazes aventuras extra-conjugais da mulher, Rosenda, pela qual vive uma paixão irracional. O conflito entre a racionalidade sistemática do professor e aquele mundo agressivo e institivo de Jorjão proporciona a linha psicológica para o desenvolvimento da trama. A insaciedade de Rosenda e o desespero com que procura satisfazer-se com outros homens, inclusive com o professor, fornecem os elementos dramáticos que envolvem a ação.

Os Devassos é um filme brasileiro de 1972, gênero drama, dirigido por Carlos Alberto de Souza Barros.

Elenco

Jardel Filho …. Jorjão
Darlene Glória …. Rosenda
Francisco Di Franco …. Professor
Mário Petraglia
Ana Maria Magalhães …. Hippie
Ana Maria Miranda
Carlos Alberto de Souza Barros …. Chicão
Aguiar, Sindoval (Pepe)
Sores, Roberto (Secretário de Segurança)

Participação Especial:
Fábio Sabag …. Jesus
Jorge Dória …. Amigo
Petraglia, Mário (Convidado)
Milton Moraes …. Advogado
Sérgio Malta …. Delegado
Wlson Grey …. Convidado
Krokidakis, Nara (Amante do hóspede)
Biasi, Raquel Di (Amiga do advogado)
Riggo, Armando (Convidado)
Fernandes, Helio (Hippie)
Paulo, José (Hippie)
Bianchi, Paulo(Amigo)

Ficha Técnica

Direção: Carlos Alberto de Souza Barros
Argumento: Carlos Alberto de Souza Barros
Roteiro: Carlos Alberto de Souza Barros
Estória de Carlos Alberto de Souza Barros
Assistência de direção: Aguiar, Sindoval
Produção: Barros, Carlos Alberto Souza de
Assistência de produção: Bronet, Epitácio
Direção de Fotografia: José Rosa
Assistência de câmera: Dutra
Fotografia de cena: Valentim
Direção de som: Ribeiro, Nelson
Montagem: Carlos Alberto de Souza Barros
Cenografia: Carlos Alberto de Souza Barros
Maquiagem: Abreu
Música: Paula, Catulo de; Nanai; Edu e sua Gaita; Carlos Alberto de Souza Barros
Companhia(s) produtora(s): CASB Produções Cinematográficas
Companhia(s) produtora(s) associada(s): Herbert Richers Produções Cinematográficas
Empresa Distribuidora: Ipanema Filmes

Dados adicionais de música
Música de: Chamego de Iná;
Intérprete(s): Carlos, Antônio e Jocafi;

Música de: Eu também quero mocotó
Intérprete(s): Bem, Jorge e Milton Banana Trio

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
Guia de Filmes, 38
Brasil Cinema, 1972
ALSN/DFB-LM

Fontes consultadas:
ACPJ/II

Observações:
Guia de Filmes 38 indica: censura de 18 anos.
ACPJ/II informa apresentação da Paris Filmes, cenografia de Carlos Alberto de Souza Barros e música de .
Os letreiros do filme não indicam no elenco: Carlos Alberto de Souza Barros, Sindoval Aguiar e Roberto Sores. Para o ator Armando Riggo indica apenas “Armando”. Outras fontes utilizadas apresentam Edu e sua Gaita como Edu Gaita e Catulo de Paula como Catulo Paiva.
ALSN/DFB-LM indica música: Rogério Duprat; assistente musical: Sindoval Aguiar; apresentação: Paris Filmes.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

2 comentários sobre “Os Devassos (1972)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.