fbpx

Os Trapalhões no Auto da Compadecida (1987)

Sinopse

Na pequena cidade de Taperoá, João Grilo e Chicó vivem armando confusões, afrontando um sacristão humilde e um padeiro.

Todos vivem sob os desmandos do bispo, do padre e do major. Até que, num ataque à cidade, todos morrem pelas mãos do cangaceiro Severino e precisam enfrentar um julgamento no céu, que coloca todos diante de Deus e da Virgem Maria.

Os Trapalhões no Auto da Compadecida, filme dirigido por Roberto Farias, teve um público total de 2.610.371 espectadores. É um dos raros filmes dos Trapalhões que chegou a ser comercializado para o exterior, no caso, para Portugal.

Elenco

Renato Aragão
Dedé Santana
Mussum
Zacarias

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Os Trapalhões no Auto da Compadecida (1987) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Roberto Farias

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.