fbpx

Os Trapalhões no Reino da Fantasia (1985)

Sinopse

O orfanato São Judas, dirigido por Irmã Maria, enfrenta dificuldades financeiras que podem levá-lo ao fechamento e total desamparo às suas crianças. Irmã Maria, vendo um desenho animado, tem a grande idéia que pode salvar a instituição: recorrer aos Trapalhões – amigos incondicionais das crianças – e pedir que façam um show arrecadando fundos para salvar suas crianças. Didi, Dedé, Mussum e Zacarias realizam um show especial atraindo um grande público. A platéia vibra com as trapalhadas e brincadeiras do quarteto. Mas infelizmente o show não atraiu apenas as boas pessoas, mas também uma quadrilha de maus bandidos que tentam roubar o dinheiro arrecadado do espetáculo. Irmã Maria, sem querer, percebe o que se passa, tenta reagir, mas os bandidos, mais fortes, a prendem. Do fundo do teatro, Didi vê a confusão e tenta, em vão, socorrer a noviça. Após brigas, os bandidos conseguem fugir com a sacola do dinheiro, deixando Didi e Irmã Maria desmaiados. Dedé, sentindo a falta de Didi no palco, sai a sua procura e encontra os dois desacordados. Didi, Dedé e a noviça saem numa incrível e tumultuada perseguição aos bandidos na esperança de recuperar o dinheiro roubado. No caminho, Didi enfrenta mil aventuras e confusões, e até mesmo um bruxo tenta atrapalhar. Ao perceber que estão sendo seguidos, os bandidos entram no Rodeio de Beto Carrero para despistá-los. Vestem-se de vaqueiros e tentam fugir de Didi, cena que faz enorme sucesso com o público do rodeio. Nesta confusão, Beto Carrero reconhece Didi e vai em seu auxílio, perseguindo os bandidos, e num ato de aventura e ação, Didi recupera o saco com o dinheiro e todos voltam ao teatro. Enquanto isso, alheios a todas as confusões enfrentadas por seus companheiros, Mussum e Zacarias seguem com o show. Chegam Didi, Dedé e a Irmã Maria seguidos pelos bandidos realizando muitas brigas. Quando tudo isso parece perdido, os Trapalhões são salvos por uma misteriosa arma. Muitos aplausos, bandidos capturados. Irmã Maria explica à platéia o que realmente aconteceu durante todo o show. Neste momento de total alegria, Didi percebe que está com o saco errado, sem o dinheiro. Mas a tristeza dura pouco, e uma grande surpresa está reservada para o final.

Filme dirigido por Dedé Santana.

Elenco

Renato Aragão …. Didi
Dedé Santana …. Dedé
Mussum
Zacarias
Xuxa Meneguel

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Os Trapalhões no Reino da Fantasia (1985) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Dedé Santana

Bibliografia

Internet:

.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.