fbpx

Oswaldo Loureiro (1932-2018)

Biografia

Oswaldo Loureiro Filho, em arte mais conhecido como Oswaldo Loureiro, foi um ator e diretor brasileiro de teatro, televisão e cinema brasileiro nascido na cidade do Rio de Janeiro (RJ) no dia 23 de julho de 1932. Foi também presidente do Sindicato dos Artistas do Rio de Janeiro. Faleceu no Rio de Janeiro, no dia 03 de Fevereiro de 2018.

Filho do jornalista e também ator Oswaldo Loureiro, estreia no cinema aos 12 anos de idade, em 1944, no filme O Brasileiro João de Souza. Com carreira precoce, participou de outros como Asas do Brasil (1947) e Inconfidência Mineira (1948).

Aos 21 anos ingressou no Teatro do Estudante, de Paschoal Carlos Magno, e seu primeiro trabalho profissional foi em 1955, na peça Vestido de Noiva, de Nelson Rodrigues, pela companhia de Henriette Morineau. Em 1956, vai para a Companhia Tônia-Celi-Autran e estreia na peça Otelo, de Shakespeare, dirigido por Adolfo Celi.

Em 1958, veio A Fábula do Brooklin, de Irwin Shaw, que lhe rendeu o prêmio de ator revelação pela ABCT (Associação Brasileira de Críticos Teatrais).

Veio a década de 1960 e, com ela, no Teatro dos Sete, encenou Com a Pulga Atrás da Orelha, de Georges Feydeau (dirigido por Gianni Ratto) e a rodriguiana Beijo no Asfalto, sob direção de Fernando Torres. Neste período, desenvolveu sólida carreira cinematográfica, ao participar de inúmeros filmes como Pedro e Paulo (1962), Mineirinho, Vivo ou Morto (1966), O Sol dos Amantes (1979), Leila Diniz (1987) e Simão, o Fantasma Trapalhão (1998).

Foi para São Paulo (1964) após o fechamento da CTCA, e lá atuou em A Ópera dos Três Vinténs, de Bertolt Brecht, no Teatro Ruth Escobar. Depois, integrou o Grupo Opinião e, de volta ao Rio, em 1966, fez, de novo com Gianni Ratto, Se Correr o Bicho Pega, Se Ficar o Bicho Come, de Oduvaldo Vianna Filho (Vianinha) e Ferreira Gullar.

Estreia na televisão em 1964 na novela Direito de Nascer. A partir daí, mostra seu talento em novelas e minisséries como Sangue e Areia (1968), Véu de Noiva (1969), Guerra dos Sexos (1983), Roque Santeiro (1985), Cambalacho (1986), Mandala (1987), Que Rei Sou Eu? (1989), Quatro por Quatro (1994), Decadência (1995), O Fim do Mundo (1996), Pecado Capital (1998), Uga-Uga (2000), Kubanacan (2003), Celebridade (2004), Começar de Novo (2005) e A Lua me Disse (2005).

Em 1967, seria dirigido por Flávio Rangel na montagem de Édipo Rei, de Sófocles, contracenando com Paulo Autran.

Na década de 1970 faria: Gota d’Água, de Chico Buarque e Paulo Pontes; A Longa Noite de Cristal, de Oduvaldo Vianna Filho; Dois Perdidos numa Noite Suja, de Plínio Marcos; e Papa Higuirte, também de Vianinha.

Como dirigente sindical, Oswaldo Loureiro lutou pela subvenção do Estado ao teatro e pelo reconhecimento da profissão de ator. Chegou à presidência do Sindicato dos Artistas.

Em 1982, recebeu o Prêmio Mambembe por seu trabalho em Motel Paradiso, de Juca de Oliveira. Em 1983, novamente sob direção de Flávio Rangel, atua em Vargas, de Dias Gomes e Ferreira Gullar.

Como diretor, regeu na televisão as novelas A Volta de Beto Rockfeller (1973), Divinas e Maravilhosas (1973), Cuca Legal (1975) e a minissérie O Bem-Amado (1980). Em 1990, dirigiu no teatro a peça Baixa Sociedade, de Juca de Oliveira. Em 1993, tornou-se diretor do Teatro Guaíra (Curitiba), e levou mais de 700 pessoas ao teatro por meio do seu projeto Teatro para o Povo.

De volta ao Rio, trabalhou sob direção de Moacyr Góes na montagem de O Doente Imaginário, de Molière. Em seguida, contracenou com Jacqueline Laurence e Othon Bastos em A Profissão da Senhora Warren, de Bernard Shaw. Em 2000, novo trabalho com Moacyr Góes: Bonitinha mas Ordinária, de Nelson Rodrigues.

Foi casado com a também atriz Madalena Loureiro, com quem tem uma filha, Patrícia, nascida em 1961.

Oswaldo Loureiro faleceu no dia 03 de fevereiro de 2018, aos 85 anos. Estava afastado das atividades artísticas desde 2011. Sofria de Alzheimer.

Filmografia

1998 :: Simão o Fantasma Trapalhão …. Dr. Hiram
1990 :: Sonho de Verão
1987 :: Rádio Pirata …. Werner
1987 :: Leila Diniz …. Alfredo Buzaid
1987 :: Sexo Frágil
1984 :: Para viver um grande amor
1983 :: Parahyba Mulher Macho
1983 :: Bar Esperança, o Último que fecha …. Baby
1983 :: Atrapalhando a Suate …. Comandante
1981 :: O Beijo no Asfalto …. Cunha
1981 :: Bonitinha mas Ordinária ou Otto Lara Rezende
1979 :: O Sol dos Amantes
1978 :: Se Segura, Malandro!
1976 :: Um Brasileiro Chamado Rosaflor
1971 :: As Confissões de Frei Abóbora
1970 :: Os Herdeiros
1969 :: Máscara da Traição
1968 :: O Homem Nu …. Ludovico
1967 :: Una rosa per tutti (Uma Rosa para Todos) …. Nino (Itália)
1967 :: Mineirinho Vivo ou Morto …. Dr. Geraldo
1966 :: Engraçadinha depois dos Trinta
1964 :: Um Morto ao Telefone …. Marcelo
1964 :: A Morte em Três Tempos
1963 :: Und der Amazonas schweigt (Manaus, Glória de uma Época) …. Green Napoleon
1963 :: Sonhando com Milhões …. Guimarães
1962 :: O 5º Poder
1962 :: Os Mendigos
1962 :: Pedro e Paulo (Tercer Mundo) (Brasil/Argentina)
1959 :: É um Caso de Polícia
1948 :: Inconfidência Mineira
1947 :: Asas do Brasil
1944 :: Romance Proibido
1944 :: É Proibido Sonhar
1944 :: O Brasileiro João de Souza …. Jovem Mário

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Oswaldo Loureiro. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/oswaldo-loureiro/
O GLOBO. Morre o ator Oswaldo Loureiro, aos 85 anos. Disponível no endereço: https://oglobo.globo.com/cultura/morre-ator-oswaldo-loureiro-aos-85-anos-22362193. Acessado em: 03 de fevereiro de 2018.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

3 comentários sobre “Oswaldo Loureiro (1932-2018)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.