fbpx

Paixão na Praia (1971)

Sinopse

Débora, em plena crise matrimonial, deixa o marido Jacques no aeroporto e volta para sua casa de verão. É aprisionada por dois assaltantes movidos por intenções políticas, Pedro e Jairo, aos quais se une, depois, a Baronesa. Aos poucos, Débora vai vencendo o medo até se sentir atraída por um dos homens. Entre os dois surge o amor, enquanto a situação se agrava. Sem querer, Débora torna-se cúmplice. Jacques, rico empresário, e Débora são casados e possuem uma filha, Patrícia. Apesar da crise conjugal, o casal está no Rio de Janeiro comemorando nove anos de casamento. Por telefone, Jacques é informado que seu auxiliar de caixa fora assaltado e ele vai para São Paulo resolver o caso. Débora o deixa no aeroporto e volta para casa. Ao chegar, depara-se com dois assaltantes, Jairo e Pedro, também envolvidos no assalto de Antônio. Pedro explica a ela a razão do assalto e conta sobre as falcatruas de Jacques. Jairo, ex-funcionário de Jacques, expõe sua raiva em relação ao antigo patrão e conta que o assalto faz parte de projetos políticos e revolucionários. Pedro defende Débora e mostra-se interessado por ela. Jairo tenta convencê-lo a não se envolver com Débora. No quarto, Pedro e Débora transam. No dia seguinte, Pedro revela sua admiração por Débora, mas ela não aceita ficar com ele. A baronesa, mulher influente e participante dos projetos revolucionários, chega na casa e não aprova a presença de Débora. Pedro termina seu relacionamento amoroso, já em decadência, com a baronesa que, com uma faca, ameaça Débora. Pedro intervem e acaba com a confusão. Antes de partir, Pedro pede sua parte do dinheiro do assalto. Jairo não aceita e ameaça todos com uma arma. No caminho para o porto, de onde planejam embarcar para o exterior, Pedro simula um curto-circuito no carro e inicia uma briga com Jairo ao contar-lhe que não existe nenhuma organização revolucionária. A baronesa pega a arma que caíra no chão. Jairo acidentalmente acerta um tiro em Pedro. A baronesa atira em Jairo, que também atira nela. Os três caem. Débora conversa com Pedro que constata que a perdeu. Em uma praia, Jacques e Débora conversam. Ela quer o desquite. Patrícia brinca na areia. Após discutirem, Jacques vai embora e Débora observa o mar.

Elenco

Bengell, Norma (Débora)
Reys, Adriano (Pedro)
Brah, Lola (Baronesa)
Castro, Ewerton (Jairo)
Pariz, Lourival (Jacques)
França, Lena (Empregada)
Perez, Ariclê (Mulher na festa)
Rezende, Celia (Convidada da Festa)
Castro, Edyr
Serpa, Fernando
Franca, José Luiz
Siringo, Juan
Reis, Miro

Ficha Técnica

Direção: Alfredo Sternheim
Argumento: Alfredo Sternheim
Roteiro: Alfredo Sternheim
Continuidade: Souza, Silvia de
Produção: Palacios, Alfredo; Galante, Antonio Polo
Direção de produção: Pereira, Stenio; Reis, Ecchio
Gerente de produção: Reis, Ecchio; Pereira, Stenio
Direção de fotografia: Meliande, Antonio
Câmera: Meliande, Antonio
Assistência de câmera: Reis, Miro
Fotografia de cena: Grillo, Gilda
Chefe eletricista: Louzada, Wilson
Direção de som: Caballar, Julio Perez
Técnico de som: Martinez, Manuel J.
Montagem: Renoldi, Sylvio
Edição: Renoldi, Sylvio
Música: Edson, Mario
Companhias Produtoras: Titanus Filmes | Servicine – Serviços Gerais de Cinema Ltda.
Companhia Distribuidora: Titanus Filmes

Prêmios

Melhor Ator para Castro, Ewerton de e Melhor Atriz Secundária para Brah, Lola no Festival de Cinema do Guarujé, 2, 1971, SP..
Prêmio Governador do Estado de São Paulo, 1972, SP, de Melhor Roteiro para Sternheim, Alfredo e Melhor Composição para Edson, Mário.

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
Guia de Filmes, 35

Fontes consultadas:
ACPJ/II
ALSN/DFB-LM

Observações:
ACPJ/II indica no elenco: .
Os letreiros do filme, após indicarem ‘cor’ de Rex Filme, grafam o nome de .
ALSN/DFB-LM aponta ano de produção <1971> e indica cenografia de ; vestuários de e apresentação e companhia distribuidora Fama Filmes.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.