fbpx

Pátria redimida (1930)

Sinopse

Filme documentário realizado pelo pioneiro do cinema paranaense, João Baptista Groff, faz parte do acervo da Cinemateca. Groff acompanhou os revolucionários de 30 e filmou a participação de seus líderes.

O filme acompanha os revolucionários até São Paulo e Rio de Janeiro, mostra Getúlio já presidente discursando no Palácio do Catete e o enterro do general João Gualberto. Curitiba representou um importante papel na revolução de 30. O Sul caiu rapidamente frente aos revolucionários e foi na capital que as tropas gaúchas estacionaram para a arrancada final.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Pátria redimida (1930) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: João Baptista Groff

Bibliografia

Livros:

ALVETTI, Celina. O cinema Brasileiro na Crônica Paranaense dos Anos Trinta. Dissertação de Mestrado. Escola de Comunicações e Artes da USP. São Paulo, 1988.
ALVETTI, Celina. Cinema do Paraná – elementos para uma história. In: 3º Encontro Nacional da Rede Alfredo de Carvalho, 2005, Novo Hamburgo. GT de História da Mídia Audiovisual, 2005.
CESARO, Caio Julio. Memória e identidade regional no cinema de Udihara. Discursos Fotográficos, v. 3, p. 97-112, 2007.
ALVETTI, Celina; Kano, Clara Satiko. Pátria Redimida: Um filme revolucionário. Cinema Brasileiro: 8 estudos. Rio de Janeiro: MEC/EMBRAFILME/FUNARTE, 1980.
BACK, Sylvio. Cinema Paranaense?. Revista Panorama. Ano XVII. N 175. Curitiba, 1967.
CARVALHO, Giselle Maria Lozza; SAVAZZI, Wânia; NASSER, Patrícia Maria Meirelles. O Cinema em Curitiba – 1897 à 1912. Cadernos de Pesquisa N. 4. Fundação do Cinema Brasileiro. Rio de Janeiro: Lidador, 1988.
KARAM, Elizabeth; STECZ, Solange. Com Annibal Requião, nasce o cinema no Paraná. Cinema Brasileiro: 8 estudos. Rio de Janeiro: MEC/EMBRAFILME/FUNARTE, 1980: 89 a 107.
MENDONÇA, Mai Nascimento. Fundação Cultural de Curitiba. Boletim Informativo Casa Romário Martins. Curitiba: Fundação Cultural de Curitiba, volume 23, n° 114, dezembro 1996.
SANTOS, Francisco Alves. Dicionário de Cinema do Paraná. Curitiba: Fundação Cultural de Curitiba, 2005.
STECZ, Solange. (coord). Referências sobre filmagens e Exibições Cinematográficas em Curitiba 1892-1907. Curitiba: Fundação Cultural de Curitiba. Ano 03. Boletim Informativo n° 19. Junho 1976.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: hi[email protected]

Um comentário em “Pátria redimida (1930)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.