fbpx

Paula Burlamaqui

Biografia

FOTO Paula BurlamaquiAna Paula Burlamaqui Soares, mais conhecida como Paula Burlamaqui ou Paula Burlamaquy é uma atriz brasileira com atuação em televisão, cinema e teatro nascido em Niterói (RJ) no dia 02 de fevereiro de 1967.

Filha do ex-goleiro Mauro Matta Soares, que jogou no Vasco e no Flamengo, foi vencedora do concurso Garota do Fantástico, do dominical televisivo da Rede Globo, em 1987. O pai queria que fosse professora, mas o sonho dela era ser atriz. Aos 16 anos começa a trabalhar numa produtora de eventos. Com o dinheiro pagou um curso de teatro no Tablado.

Sua estreia em novelas se deu em 1989, com O Sexo dos Anjos, na mesma emissora, e não para mais, seguindo-se, entre outras, Barriga de Aluguel (1990), Explode Coração (1995), Uga-Uga (2000), Sabor da Paixão (2002) e Da Cor do Pecado (2004). Após pequenas participações em telenovelas globais, se transferiu para a Band onde atuou em Perdidos de Amor e Serras Azuis.

Em maio de 1996 posou nua para a Revista Playboy, em Aspen (EUA). De volta à Globo, deu vida a vilã Tânia de Sabor da Paixão.

Estreou no cinema em 1998 no filme Paixão Perdida, último filme dirigido por Walter Hugo Khouri.

Seu maior papel na televisão foi na telenovela América, em 2005, com a personagem estonteante e briguenta Islene, namorada de Feitosa (Ailton Graça). Depois de sua atuação na trama de Glória Perez, tornou requisitada somente para papéis complexos em tramas globais.

Participou ainda como Teresa de O Profeta (2006) e como Stela de A Favorita (2008), no difícil papel da homossexual Estela.

Em 2012, entrou na novela das nove Avenida Brasil com a evangélica Dolores Neiva, que tinha o passado como atriz pornô com o nome Soninha Catatau.

Em 2014, passou a assinar como Paula Burlamaquy, por causa da numerologia.

Em 2015, faz uma breve participação na novela A Regra do Jogo, sendo a terceira novela do horário nobre que trabalha com João Emanuel Carneiro. Sua personagem, Sueli, é assassinada no terceiro mês da trama.

Em 2016, venceu um processo de indenização de R$ 20 mil contra o Google, por causa de um vídeo com uma montagem do filme Procuradas, de 2004, em que sua personagem é descontrolada emocionalmente, e, segundo os publicadores do vídeo, era realmente a atriz, que diz que teve dificuldades em conseguir trabalhos com marketing por causa disso.

Foi casada com o figurinista Alberto Duncan e com o apresentador Jorge Guimarães.

Filmografia

2018 :: Paraíso perdido
2016 :: O que seria deste mundo sem paixão?
2016 :: Por trás do céu
2009 :: Reis e Ratos …. Eleonora Novaes
2009 :: Vida Vertiginosa (CM)
2007 :: Meteoro (Brasil/Venezuela) …. Eva
2006 :: Gatão de Meia Idade …. Ex-namorada de Cláudio
2004 :: Procuradas …. Isa
2002 :: Viva Sapato! …. Trini
2001 :: A Breve Estória de Cândido Sampaio (CM)
1998 :: O Circo das Qualidades Humanas …. Helena
2000 :: Estado de Alerta (CM)
1998 :: Paixão Perdida
1992 :: A História de “O” – Versão 94 …. Jeanne

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Paula Burlamaqui. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/paula-burlamaqui/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

2 comentários sobre “Paula Burlamaqui

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.