fbpx

Pedro Asbeg

FOTO Pedro AsbegPedro Asbeg é um cineasta, roteirista, produtor e montador nascido no ano de 1975, em Londres. Entre 1997 e 2007, foi sócio na produtora Raça Filmes, quando dirigiu, editou e produziu diversos curta-metragens.

Desde então, editou cinco documentários de longa-metragem. Mentiras Sinceras é seu primeiro longa-metragem como diretor.

Asberg nasceu em Londres e morou dos 2 aos 18 anos na cidade do Rio de Janeiro, onde acabou fazendo estágio no escritório da Rede Globo e, mais tarde, no departamento de fotografia da ONU em Nova York, em 1996. De lá, foi morar em Londres, onde se formou em Cinema pela University of Westminster em 1999 e passou a ter a culinária como um hobby.

Em 1997, fundou a Raça Filmes, em sociedade com Felipe Nepomuceno. Ao longo de 10 anos, dirigiu, produziu e editou mais de 30 documentários de curta-metragem, além de outros trabalhos para cinema, televisão e teatro. Entre os principais trabalhos deste período estão Unido Vencerás, Dogão Calabresa e O deus da raça.​

No ano 2000, lançou seu primeiro livro, Como impressionar sem fazer esforço, com receitas simples porém sofisticadas. Neste mesmo ano voltou ao Rio, onde mora desde então.​​

Em 2005, rodou de forma coletiva o documentário Geraldinos, registrando os 10 últimos jogos disputados no Maracanã antes da extinção da mitológica Geral.​ No ano seguinte, publicou seu segundo livro, Bonito, barato e gostoso, onde apresentava uma seleção de pratos que reaproveitam as sobras de outras refeições.​

Em 2007, começou a trabalhar como montador e diretor free-lancer, Foi nesse ano também que a Pura Culinária, bufê de gastronomia contemporânea do qual foi sócio, iniciou sua atividades.​

Em 2009, montou Cidadão Boilesen, documentário de longa-metragem que tratava do financiamento de órgãos de tortura do governo militar brasileiro por empresário, dirigido por Chaim Litewski. O filme foi o vencedor do festival É Tudo Verdade daquele ano e participou de inúmeros festivais, no Brasil e no exterior.

Em 2010, começou a rodar Democracia em preto e branco, documentário que trata da primeira metade da década de 80, rico período que viu o nascimento do rock brasileiro, do movimento das diretas já e da democracia corinthiana.​

No ano de 2011, montou os documentários de longa-metragem Vou rifar meu coração, de Ana Rieper e Carta para o futuro, de Renato Martins. O primeiro estreou no festival de Brasília e o segundo no Festival do Rio. No mesmo ano, Mentiras Sinceras, seu primeiro longa-metragem como diretor, estreou no mostra competitiva do Festival do Rio, na Première Brasil.​

Em 2012, lançou seu terceiro livro de receitas, Beber, comer, sobreviver – cozinhando de ressaca, com dicas bem-humoradas de pratos e lugares que curam o mal-estar causado pelo excesso do álcool. No mesmo ano, editou a série de quatro episódios para a ESPN Ao som do mar, à luz do céu, com direção de Pedro Amorim e que conta a história do futebol de praia disputado no Rio de Janeiro desde o início do século XX.

No ano de 2014, esteve em processo de montagem e lançamento dos documentários Democracia em preto e branco e Geraldinos.​

Filmografia

:: Filmografia como Diretor ::

2020 :: Carta ao Magrão (CM)
2018 :: América Armada
2015 :: Geraldinos
2014 :: Democracia em preto e branco
2011 :: Mentiras Sinceras
2006 :: O caçador de marajás
2005 :: O dia em que o bambu quebrou no meio
2005 :: Brasil
2003 :: O deus da raça
2002 :: Unido Vencerás
2002 :: Dogão Calabresa
1999 :: Surviving Babylon

:: Filmografia como Roteirista ::

2018 :: América Armada
2011 :: Mentiras Sinceras
2010 :: Copa Vidigal

:: Filmografia como Montador ::

2020 :: Carta ao Magrão (CM)
2018 :: América Armada
2015 :: Geraldinos
2013 :: Carta para o futuro
2012 :: Pulmão da Arquibancada
2012 :: As justiceiras do Capivari​​
2011 :: Olho da Rua
2011 :: Vou rifar meu coração
2010 :: Copa Vidigal
2010 :: Enchente
2009 :: Cidadão Boilesen
2008 :: Conte comigo Mengão​
2007 :: É Campeão!
2002 :: Guadalajara 70
2001 :: Vila Mimoza​

:: Filmografia como Produtor Executivo ::

2009 :: Cidadão Boilesen

:: Filmografia como Produtor ::

2020 :: Carta ao Magrão (CM)

Publicações

ASBERG, Pedro. Beber, comer, sobreviver – cozinhando de ressaca. : , 2012.
______. Bonito, barato e gostoso. : , 2006.
______. Como impressionar sem fazer esforço. : , 2000.

Bibliografia

Internet:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Pedro Asbeg. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/pedro-asbeg/
PEDRO ASBERG – SITE OFICIAL. Disponível no endereço: http://www.pedroasbeg.com/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

3 comentários sobre “Pedro Asbeg

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.