fbpx

Pedro Ionescu

Biografia

Pedro Vargas Ionescu, em arte mais conhecido como Pedro Ionescu, é um diretor de fotografia e operador de câmera brasileiro nascido em São Paulo (SP) em 20 de fevereiro de 1964.

Profissional com longa filmografia no cinema brasileiro, iniciou sua carreira como assistente de câmera, em 1988, no filme Fogo e Paixão, de Isay Weinfeld e Márcio Kogan.

Em pouco mais de 20 anos de carreira são dezenas de filmes, trabalhou em produções importantes como Capitalismo Selvagem (1993), de André Klotzel; Dois Córregos – Verdades Submersas no Tempo (1999), de Carlos Reichenbach; Cabra-Cega (2004), de Toni Venturi; Os Desafinados (2008), de Walter Lima Jr., entre tantos outros.

Estreiou como diretor de fotografia em 1995, no filme Enredando as Pessoas, em parceria com Adam Cohen.

Filmografia

:: Filmografia como Diretor de Fotografia ::

2003 :: Dois em Um (CM)
2002 :: Plano-Sequência (CM)
2002 :: O Risco: Lúcio Costa e a Utopia Moderna (cofot. Mário Carneiro)
1998 :: Até Logo, Mamãe (CM)
1995 :: Enredando as Pessoas (Enredando a La Gente) (Brasil/Dinamarca) (cofot. Adam Cohen)

:: Filmografia como Assistente de câmera ::

1988 :: Fogo e Paixão

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

2 comentários sobre “Pedro Ionescu

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.