fbpx

Pega-se Facção (2020)

Em uma região onde a seca dura a maior parte do ano e a agricultura familiar não garante o sustento, mãe e filha veem como única saída a costura domiciliar terceirizada na zona rural de Caruaru (PE). Mas qual é o preço a ser pago?

Lançado em janeiro de 2020, o documentário de curta-metragem, Pega-se facção é dirigido pela pernambucana Thaís Braga, realizado com recursos do Edital Naíde Teodósio de Estudos de Gênero e já foi exibido em diversos festivais pelo mundo.

O filme foi produzido por uma equipe composta exclusivamente por mulheres: Camilla Barbosa (produção), Sylara Silvério (diretora de fotografia, montadora e desenhista de som), Twany Santos (assistente de fotografia e montadora), Elisa Lazuli (captação de som) e Amanda Rocha (fotografa de stills).

Exibido em diversas mostras e festivais de cinema, o filme ganhou prêmios, tais como o de Melhor Desenho de Som (no 3° CineVerão – Natal/RN 2020) e o de Melhor Direção de Fotografia (no Curta Taquary – Taquaritinga do Norte/PE 2020).

costureiras e entrevistadas:
Luciene Noêmia
Micaele Liane

participação:
Eduarda Maria
Sivoneide Maria

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Pega-se Facção (2020) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Thaís Braga
Roteiro: Thaís Braga
Orientação: Amanda Mansur
Produção: Camilla Barbosa
Direção de fotografia: Sylara Silvério
Assistente de câmera: Twany Moura
Correção de cor: Sylara Silvério
Fotografia still: Amanda Rocha
Som direto: Elisa Lazuli
Montagem: Sylara Silvério e Twany Moura
Edição de som e mixagem: Sylara Silvério
Finalização: Sylara Silvério

Brasil | Documentário | cor | 2020 | Caruaru | PE

Internet:

AGUIAR, Juliana. Mostra Tiradentes: curta pernambucano revela rotina da costura domiciliar no Agreste. Disponível no endereço: https://www.diariodepernambuco.com.br/noticia/viver/2021/01/mostra-tiradentes-curta-pernambucano-revela-rotina-pesada-da-costura.html
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Pega-se Facção. Disponível no endereço: https://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/pega-se-faccao/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Pega-se Facção (2020)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.