fbpx

Pistoleiro Bossa Nova (1960)

Sinopse

Dois camelôs, Inocêncio e Bartolomeu, durante uma viagem de trem, fazem amizade com um grupo teatral mambembe que se dirigia à cidade de Desespero. Eles resolvem também desembarcar na mesma cidade. Porém, antes mesmo da chegada, o trem é assaltado pelo bandido Cachimbo, que ao se encontrar com Inocêncio, foge apavorado. Bartolomeu percebe que o amigo tinha a cara do famoso Pistoleiro Misterioso, e resolve tirar partido da situação. No seu novo papel, ele procura auxiliar o delegado e a filha do fazendeiro na luta contra os bandidos. A confusão aumenta com o retorno do verdadeiro Pistoleiro Misterioso. Cachimbo consegue dominar o verdadeiro pistoleiro e o esconde numa cabana cheia de dinamite. Sérgio, um dos astros da trupe mambembe, salva o Pistoleiro Misterioso. O bando de Cachimbo tenta um assalto à Desespero. Inocêncio e Bartolomeu lideram a resistência, ajudados pelo verdadeiro Pistoleiro Misterioso, terminando a luta com a prisão do bando de Cachimbo.

Elenco

Ankito …. Inocêncio e Pistoleiro Misterioso
Grande Otelo …. Pixinxa
Fronzi, Renata (Lili)
Nabuco, Ana Maria (Lúcia)
Restier, Renato (Delegado)
Castellani, Lyris (Alda)
Tovar, Carlos (João Honesto)
Leandro, Consuelo (Pequenina)
Gonçalves, Rildo (Sérgio)
Costa, Arlindo (Prefeito)
Annabella
Wilson Grey
Rodrigues, Isa
Vaz, Joel
Silva, José
Leal, Milton
Bacurau, Zé
Copacabana, Paulo
Procopinho
Billy Davis
Montel, Arnaldo
Perácio
Paiva, Deir
Silva, Natanael
Mazzei, Luiz
Santiago, Macário
Corrêa, Arinho
Farnetto

Participação especial:
Aurélio Teixeira …. Cachimbo

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Pistoleiro Bossa Nova (1960) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Victor Lima
Produção: Richers, Herbert
Direção de produção: Lopes, Murilo
Produtor associado: Zonari, Arnaldo e Victor Lima
Assistência de produção: Higino, Raimundo; Silva, José
Coreografia: Carijó, Edmundo
Direção de fotografia: Daissé, Amleto
Câmera: Rosa, José
Assistência de câmera: Vicente, José
Eletricista: Alves, Osvaldo
Direção de som: Ribeiro, Nelson; Tavares, José
Montagem: Valverde, Rafael Justo
Maquiagem: Juarez, Oscar; Casteli, Pedro
Direção musical: Remo Usai
Companhia Produtora: Produções Cinematográficas Herbert Richers S.A.
Companhia Distribuidora: Distribuidora de Filmes Sino Ltda.

Dados adicionais de música
Regente Maestro: Usai, Remo

Canção
Intérprete: Rayol, Agnaldo;

Intérprete: Costa, Elsa

Conjunto e banda: Trio Irakitan

Título: Maria ninguém;
Autor da canção: Lira, Carlos;

Título: Doi doi
Autor da canção: Melo, João

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

RAMOS, Fernão Pessoa (org.). História do cinema brasileiro. São Paulo: Art Editora, 1981.
_________; MIRANDA, Luiz Felipe A. de. (Org.). Enciclopédia do cinema brasileiro. São Paulo: Senac São Paulo, 2000.
SILVA NETO, Antônio Leão da. Dicionário de Filmes Brasileiros: longa-metragem. São Paulo, Ed. do Autor, 2002.

Jornais e Periódicos:

Jornal Diário Mercantil
Jornal Diário Regional
Jornal do Brasil
Jornal do Comércio
Jornal O Dia
Jornal O Globo
Jornal O Pharol
Jornal Panorama
Jornal Tribuna da Tarde
Jornal Tribuna de Minas

Sites na Internet:

http://www.ancine.gov.br/ – Agência Nacional do Cinema – Brasil
http://www.cinemateca.org.br/ – Cinemateca Brasileira – Brasil
http://www.cinemabrasileiro.net – Cinema Brasileiro – Brasil
http://www.cinemateca.gov.br – Cinemateca Brasileira – Brasil
http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br – História do Cinema Brasileiro – Brasil

Instituições Consultadas:

Arquivo da Cinemateca Brasileira
Arquivo Histórico da Universidade Federal de Juiz de Fora
Biblioteca da Universidade Federal de Juiz de Fora
Biblioteca da Universidade Salgado de Oliveira de Juiz de Fora

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
SA/EMP
Certificado de Censura Federal
CENS/I
Press-release

Fontes consultadas:
ACPJ/I
ALSN/DFB-LM

Observações:
Distribuido pela Fama Filmes em 1966.
A fonte ACPJ/I indica na ficha técnica: Victor Lima em argumento; como câmera; em cenografia; na coreografia; no elenco acrescenta Dalva Dias.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

2 comentários sobre “Pistoleiro Bossa Nova (1960)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.