fbpx

Pra quem fica… Tchau! (1971)

Sinopse

FOTO Pra quem fica tchauAtravés da janela do ônibus a cidade vai crescendo aos olhos de Lui, um adolescente simpático, desinibido, bom bebedor de chope e ligeiramente mau-caráter, que chega ao Rio para morar com o primo Didi, paquera inveterado e bon-vivant. Lui é órfão (o pai fugiu de casa e a mãe morreu há dias) traz consigo, além de uma bolada de dinheiro, uma carta do tio que responsabiliza Didi pelo estudo do rapaz. Lui chega e se estabelece. Didi começa a transformar o primo, tirando dele o provincianismo cafona. Lui vai-se integrando na grande cidade, nos seus hábitos, suas gírias e malandragens. Através de uma brincadeira com Didi, Lui conhece Maria, seu primeiro amor. Maria é bela, estranha, quase inacessível, atormentada por um marido ciumento que termina por deixá-la viúva. A paixão de Lui por Maria gera obssessões, sonhos, líricos passeios de motocicleta e acaba esmagado por sua excessiva juventude. É um amor impossível. A decepção provoca até idéias suicidas no rapaz. Didi, preocupado, tenta tirar Lui da fossa com uma festa, quando a campainha toca e surge o pai de Lui. E, debaixo de cascudos e repreensões, Lui volta para casa prometendo ao primo Didi voltar no próximo ano para novas aventuras.

Elenco

Reginaldo Faria …. Didi
Stepan Nercessian …. Lui
Tapajós, Rosana (Maria)
Flávio Migliaccio …. Chuca
José Lewgoy …. Tio Gustavo
Cherques, Jorge (Marido de Maria)
Álvarez, Irma (Mulher do jipe)
Scher, Tânia (Mulher do conversível)
Bidê, Hugo (Teleco)
Freire, Gracinda (Tia Lourdes)
Carla, Wilza (Dalva)
Brieba, Henriqueta (Mãe de Maria)
Pôrto, Paulo
Look, Almir

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Pra quem fica… Tchau! (1971) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Reginaldo Faria
Argumento: Reginaldo Faria
Roteiro: Reginaldo Faria
Produção: Farias, Roberto e Reginaldo Faria
Produção executiva: Pôrto, Paulo
Gerente de produção: Albuquerque, Marcelo
Assistência de direção: Ribeiro, Emiliano
Continuidade: Mendonça, Paulo
Direção de fotografia: Medeiros, José
Câmera: Batista, Edson
Sonografia: Goulart, Walter
Montagem: Valverde, Rafael Justo
Cenografia: Tovar, Cláudio
Música: Omar, Jorge, Reginaldo Faria, Abramson, Roberto; Mendonça, Paulo
Direção musical: Maestro Cipó
Companhia(s) produtora(s): Produções Cinematográficas R. F. Farias
Companhia(s) distribuidora(s): Ipanema Filmes Ltda.; Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.

Dados adicionais de música
Intérprete(s): Bruno, Leonardo;
Intérprete(s): Ney
Regente Maestro: Maestro Cipó

Canção
Título: Tanganica;
Autor da canção: Vinhas, Luiz Carlos;
Intérprete: Vinhas, Luiz Carlos;

Título: Burro cor de rosa, O;
Autor da canção: Sá, Luiz Carlos;
Intérprete: Serguei;

Título: Ouriço;
Autor da canção: Machado, Paulinho;
Intérprete: Serguei;

Título: New 70;
Autor da canção: Sena, Eustáquio;
Intérprete: Ely;

Título: Eu amo você;
Autor da canção: Cassiano, Genival e Rochael;
Intérprete: Maia, Tim;

Título: Azul da cor do mar;
Autor da canção: Maia, Tim;
Intérprete: Maia, Tim

Título: Aquarela do Brasil
Autor da canção: Barroso, Ary

Bibliografia

Internet:

.

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
Guia de Filmes, 31
O Estado de S. Paulo, 23.01.1971

Fontes consultadas:
ACPJ/II
SCP/HICB
ALSN/DFB-LM
CB/EMB-110.2-00745

Observações:
Guia de Filmes 31 indica tratar-se do segundo filme de como diretor e roteirista; estréia em São Paulo e no Rio de Janeiro, em 25.01.1971, ambos em bom circuito.
ACPJ/II e ALSN/DFB-LM indicam ano de produção <1971>.
ALSN/DFB-LM aponta título e grafa o nome de Roberto Abramson como .

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Pra quem fica… Tchau! (1971)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.