fbpx

Primeiro Plano 2005 – Festival de Cinema de Juiz de Fora

Evento

O Primeiro Plano 2005 – Festival de Cinema de Juiz de Fora chegou à sua quarta edição, trilhando e abrindo caminhos na cena cinematográfica de Juiz de Fora e região.

Uma realização do Luzes da Cidade – Grupo de Cinéfilos e Produtores Culturais, com patrocínio do Ministério da Cultura/ Fundo Nacional de Cultura/ Secretaria do Audiovisual e da Prefeitura de Juiz de Fora/Funalfa, em parceria com a Ace/Optmídia, com apoio inestimável do Moviecom Alameda, do Alameda Mall; da Universidade Federal de Juiz de Fora; do Decine-CTAv-Funarte; da Kodak Brasileira; da Cine Lights; da Link Digital; da Camilo dos Santos; da Videosol; da Star Eventos; da Chimarron; do Berttus Restaurante; da Maxi Pão; do Constantino Hotel e Eventos; do Café Toko; do Supermercado Soberano e do Majestic Colonial Hotel e divulgação do Canal Brasil e Panorama, o festival aconteceu entre os dias 8 a 13 de novembro de 2005 no Moviecom Alameda, no Espaço Unibanco Palace e no Parque Halfeld.

O festival abriu com o longa A Máquina, de João Falcão, e exibiu 40 trabalhos dentro das mostras competitivas de filmes e vídeos e a mostra do projeto Revelando os Brasis com 5 curtas, além do Plano Animado e da Sessão Escola.

O evento teve um público estimado em duas mil e quinhentas pessoas. O festival também recebeu convidados de várias partes do Brasil.

Selecionados

:: Mostra Competitiva de Curtas ::

29 Polegadas, de Joana Oliveira;
Mestre Humberto, de Rodrigo Savastano;
Sobre a Maré, de Guile Martins;
O Último Raio de Sol, de Bruno Torres;
Sequestramos Augusto César, de Guilherme Campos;

:: Mostra Competitiva de Vídeos ::

O Evangelho Segundo São Judas Iscariotes, de Rafael Saldanha e Raphael Salimena

Premiados

No encerramento, foram exibidos os principais premiados da edição anterior e entregues os prêmios aos trabalhos abaixo relacionados:

Melhor Filme: 29 Polegadas, de Joana Oliveira.
Melhor Direção: Rodrigo Savastano, por Mestre Humberto.
Melhor Roteiro: Bernard Attal e Joselito Crispim, por 29 Polegadas.
Prêmio Especial do Júri: Sobre a Maré, de Guile Martins.
Melhor Filme pelo Voto do Público: O Último Raio de Sol, de Bruno Torres e Sequestramos Augusto César, de Guilherme Campos.
Melhor Vídeo pelo Voto do Público: O Evangelho Segundo São Judas Iscariotes, de Rafael Saldanha e Raphael Salimena.

Galeria

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados