fbpx

Primeiro Plano 2010 – Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades

Evento

O Primeiro Plano 2010 – Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades realizou entre os dias 16 a 21 de novembro de 2010 sua nona edição com o tema Cinemaginar, procurando pensar o lugar do cinema na vida e no imaginário dos jovens.

Uma realização do Luzes da Cidade – Grupo de Cinéfilos e Produtores Culturais, com patrocínio da MRS Logística S/A, com co-patrocínio do Ministério da Cultura/ Fundo Nacional de Cultura/ Secretaria do Audiovisual, da Prefeitura de Juiz de Fora/Funalfa, com divulgação da Panorama, com apoio inestimável da Auwe; da Videosol; da Locatrans; do Victory Suítes; da Serfer; do Café Toko; do Estação Geraes; do Centro Cultural Bernardo Mascarenhas; do Instituto Brasileiro de Audiovisual/Escola de Cinema Darcy Ribeiro; do Ministério das Relações Exteriores; da Diamantina; d’A Terceira Margem; da Leitura; da Saraiva; do Apriori; do CardápiosJF; do Muzik; da Mac Pro; do Chimarron; da Privilége; do Camilo dos Santos; da Ultrimagem e do Posto 9, com promoção do Canal Brasil; da Revista de Cinema e do Curta o Curta, o prêmio Incentivo Primeiro Plano só foi possível com o apoio do CTAv, da Kodak, da MegaColor, dos Estúdios Quanta, dos Estúdios Mega, da Dolby Digital e do Meios e Mídia, o festival aconteceu entre os dias 16 a 21 de novembro de 2010 no Espaço Alameda de Cinema, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas, na Casa de Cultura da UFJF e no Centro Cultural Benfica.

O evento abriu com Dulia, de Mariana Musse, segundo curta produzido com os recursos do Prêmio Incentivo Primeiro Plano, e com o longa Elvis & Madona, de Marcelo Laffitte. Exibiu, ainda, 80 trabalhos dentro das mostras competitivas de filmes nacional e regional, além da Sessão Escola, da Mostra Mercocidades e da Mostra Audiovisual de Juiz de Fora. A semana seguiu com as pré-estreias dos longas Trabalhar Cansa, de Juliana Rojas e Marco Dutra; Malditos Cartunistas, de Daniel Garcia e Daniel Paiva; Estrada para Ythaca, do Coletivo Alumbramento, do argentino Las Acacias, de Pablo Giorgelli e Ibitipoca, Droba pra Lá, de Felipe Scaldini. O festival também organizou 5° Encontro Internacional Audiovisual, no qual discutiu acerca do fazer cinematográfico sulamericano. Houve ainda debates com os diretores e oficinas gratuitas. Tivemos um público estimado em seis mil pessoas. O festival recebeu convidados de várias partes do Brasil.

Neste ano, o festival premiou pela terceira vez, com R$ 5.000 e outros recursos, a equipe do melhor curta universitário da cidade eleito por um júri.

Premiados

No encerramento, foram exibidos os principais premiados da edição anterior e entregues os prêmios aos trabalhos abaixo relacionados:

Melhor Filme: Instantâneos, de Andrea Capella e Peter Lucas;
Melhor Diretor: Michael Wahrmann por Avós;
Melhor Roteiro: Circuito Interno, de Júlio Martí;
Melhor Atriz: Ana Luiza Rios, por Princesa;
Melhor Ator: Sidney Szaja Barmak, por Avós;
Melhor Direção de Arte: Tábata Makowski, por Formigas;
Melhor Concepção Fotográfica: Marcelo Martins Santiago, por Mar Exílio;
Melhor Concepção Sonora: Gabriel Vieira de Mello e Rafael Machado, por Projeto Silêncio;
Melhor Trilha Sonora: Rafa Zenorini por Liquidificador;
Melhor Montagem: Ava Gaitán Rocha por Olhos de Ressaca;
Melhor Primeiro Plano: Princesa, de Rafaela Diógenes;
Menção Honrosa 1: Gessy Fonseca por Sidney Szaja Barmak por Avós;
Menção Honrosa 2: Sergio Silveira por Instantâneos;
Menção Honrosa 3: Bárbara Gomes por Feijão com Arroz;
Júri Jovem: Avós e Olhos de Ressaca;
Júri Popular: Olhos de Ressaca;
Júri Popular Infantil: Direita é a Mão que Você Escreve;
Incentivo Primeiro Plano: Cachorro Morto, de Francisco Franco
Júri Popular: Memorize-me;

Bibliografia

Internet:

PRIMEIRO PLANO. http://www.primeiroplano.art.br

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]