fbpx

P.S. Post-Scriptum (1981)

Sinopse

A história de personagens diversos, suas idas, suas aventuras e paixões. Inicia-se com Franco, italiano, dono de uma pequena fábrica de preservativos em discussão com Zélio, dono de uma agência publicitária paulistana, sobre o lançamento do novo produto. Após a reunião combinam uma saída noturna, com boas companhias femininas, porém, Dulce, esposa de Franco, os força a levá-la também, no passeio. Essa noite de prazer e aventura marcará graves conflitos que mudará a vida ou os rumos de todos. O P.S. do título vem a ser o revide, o recado final angustiado ou cínico dos seres mais atingidos, aqueles que o feriram. P.S. – Embora a essência da história já erótica e dramática, comicidade e humor, latentes em qualquer conflito humano uma constante ao desenrolar da narrativa.

Elenco

Lins, Yara (Dulce)
Gonçalves, Ênio (Zélio)
Bueno, Zaira (Tiana)
Martins, Chris (Elke)
Jean-Claude Bernardet …. Pierre
Atilli, Alberto (Franco)
Moreira, Vera (Liz)
Bourbonais, João Batista (Mico)
Calazans, Anna Maria (Bela)
Porto, Fátima
Britto, Rubens (Brutus)
Tucci, William (Marcos)
Pereira, Cristina (Elícia)
Reis, Imara
Gailliunas, Ludy
Nastari, Miguel
Marinho, Noemi
Ponzi, Rafael
Zuliani, Romeu

Participação especial:
Jorge, Anita
Lima, Aryadne de
Canã
Célia Artacho
Cristina
Elmo

Assis, Elza
Medeiros, Gilda
Vasques, Jane
Vale Jr., Joaquim Ribeiro do
Brunetti, Karina
Fonseca, Luiza
Medeiros, Magno
Martha Mellinger
Vinicius, Marcos
Serra, Regina
Franceschini, Roberto
Penha, Sérgio
Sargento
Cássia, Sílvia
Moura, Sônia
Tico-Tico
Gailiunas, Valerian
Peixe, Vera
Tambeiro, Waldete

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de P.S. Post-Scriptum (1981) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Romain Lesage
Argumento: Romain Lesage
Roteiro: Romain Lesage
Assistência de direção: Christian Lesage
Produção executiva: Hélio Porto,
Direção de produção: Porto, Hélio Brasil
Assistência de produção: Weil, Harold; Brandt, Thomas
Coordenação de produção: Dora Leme
Direção de fotografia: Peter Overbeck
Assistência de câmera: Luiz Rossi Netto
Eletricista: Souza, Odilon de
Técnico de som: Costa, Miguel Angelo dos Santos
Som direto: Angelo, Miguel
Mixagem: Odil Fonobrasil
Assistente de som: Bandeira Netto, Arthur
Montagem: Romain Lesage
Cenografia: Romain Lesage, Hélio Porto, e Dora Leme
Títulos de apresentação: Tassara, Marcello G.
Maquiagem: Paduan, Angela
Vestuário: Romain Lesage, Hélio Porto, e Dora Leme
Arranjos musicais: Rogério Duprat
Direção musical: Luiz Carlos Sá
Música-tema: Luiz Carlos Sá
Trilha musical: Luiz Carlos Sá
Companhia Produtora: Ciclo Filmes Ltda.
Companhia Distribuidora: Cinematográfica Haway

Dados adicionais de música
Regente Maestro: Duprat, Rogério

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
Concine/Ficha Técnica

Fontes consultadas:
Jornal do Brasil, 18.03.1981 p.10; 26.03.1981 p.6 e 30.03.1981 p.5
O Estado de S. Paulo, 30.05.1982 p.44 e 04.06.1982 p.20
Jornal da Tarde, 04.06.1982 p.17
Folha de S. Paulo, 08.06.1982 p.39
O Globo, 16.12.1982 p.34 e 17.12.1982 p.31
Visão, 14.06.1982 p.83

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. P.S. Post-Scriptum. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/ps-post-scriptum/

Observações:
Exibido no 9º Festival de Gramado, 1981, RS.
Concine/Ficha Técnica informa: bitola 35mm, 3.478m, 127 min., com 6 partes e produzido com recursos próprios.
A descrição dos créditos informa: cooperação especial: Laboratório Cinematográfico ; equipamentos técnicos: Moviecenter; transferência e mixagem: Odil Fonobrasil“.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.